Cristino Wapichana e a arte da literatura indígena

Cristino Wapichana - foto: ©  Eduardo Fujise e Gideoni Junior/ Itaú Cultural

 
© Pesquisa, seleção, edição e organização: Elfi Kürten Fenske
Por gentileza citar conforme consta no final desse trabalho. 


ESBOÇO BIOBIBLIOGRAFICO DE CRISTINO WAPICHANA

Cristino Wapichana, nasceu em julho de 1971, natural de Boa Vista (RR), morando atualmente em São Paulo (SP), Wapichana, escritor, contador de histórias e ativista, colabora para a difusão da cultura indígena. Patrono da Cadeira 146 da Academia de Letras dos Professores (APL) da Cidade de São Paulo, é autor do livro “A Boca da Noite” (Zit Editora, 2016, ilustrado por Graça Lima), traduzido para o sueco/dinamarquês, vencedor da Estrela de Prata do Prêmio Peter Pan 2018, do International Board on Books for Young People (IBBY).

Foi o escritor brasileiro escolhido pela Seção IBBY Brasil para figurar a Lista de Honra do IBBY 2018. Recebeu o Prêmio FNLIJ 2017 nas categorias Criança e Melhor Ilustração, 3º lugar no Prêmio Jabuti 2017 e Selo White Revens – Biblioteca de Munique 2017. Sua obra “O Cão e o Curumim” (Ed. Melhoramentos, 2018, ilustrado por Taisa Borges) foi finalista do Prêmio Jabuti 2019 na categoria juvenil, tendo recebido o selo Altamente Recomendável FNLIJ 2019 e participado do Catálogo de Bolonha 2019.

Cristino Wapichana também escreveu “A Cor do Dinheiro da Vovó” (Ed. Edebê, 2019, ilustrado por Alyne Dallacqua), “Ceuci, a Mãe do Pranto” (Ed. Estrela Cultural, 2019, ilustrado por Jô Oliveira), “A Onça e o Fogo” (Ed. Amarilys, 2009), “Sapatos Trocados: como o tatu ganhou suas grandes garras” (Ed. Paulinas, 2014) e “A Oncinha Lili” (Ed. Edebê, 2014). Entre outros prêmios importantes, recebeu a Medalha da Paz – Mahatma Gandhi 2014 e teve livros selecionados para o clube de leitura da ONU 2021.

Integra a coordenação do NEARIN - núcleo de Escritores e Artistas Indígenas/INBRAPI.

"A arte é livre e como algo livre, ela se doa como quer."
- Cristino Wapichana. In: ALVES, Andrea. Nação e alma em literatura de resistência. Portal Mandala, 19.4.2021. 

Cristino Wapichana - foto: © Arquivo pessoal

OBRAS DE CRISTINO WAPICHANA

Infanto-juvenil
:: A onça e o fogo. Cristino Wapichana. [coord. Daniel Munduruku; ilustrações Helton Faustino]. São Paulo: Amarilys Editora, 2009.
:: Sapatos trocados: como o tatu ganhou suas grandes garras. Cristino Wapichana. [ilustrações Mauricio Negro] São Paulo: Paulinas Editora, 2014. {selo altamente recomendável – FNLIJ 2015}.
:: A Oncinha Lili. Cristino Wapichana. [ilustrações Águeda Horn]. Editora Edebe, 2014.
:: A boca da noite. Cristino Wapichana. [ilustrações Graça Lima]. São Paulo: Zit Editora, 2016. recebeu a Estrela de Prata do Prêmio Peter Pan, do International Board on Books for Young People, da Suécia / Prêmio Jabuti na categoria 'Infantil' / Prêmio FNLIJ 2017, em duas categorias – na categoria 'Criança' e categoria 'Melhor Ilustração'}.
:: O cão e o curumimCristino Wapichana. [ilustrações Taisa Borges]. Coleção Biblioteca juvenil. São Paulo: Melhoramentos, 2018. {recebeu selo Altamente Recomendável FNLIJ 2019}
:: A cor do dinheiro da VovóCristino Wapichana. [ilustrações Alyne Dallacqua]. Editora Edebê, 2019.
:: Ceuci, a mãe do pranto. Cristino Wapichana. [ilustrações Jo Oliveira]. Editora Estrela Cultural, 2019.
:: Tomoromu, a Árvore do mundo. Cristino Wapichana. [ilustrações Mauricio Negro]. SM Editora, 2021.
:: Chuva, Gente!. Cristino Wapichana [ilustrações Graca Lima; prefácio Ailton Krenak]. Editora Leiturinha, 2022.

Obra traduzida
Sueco
:: Nattens mund A boca da noite. Cristino Wapichana. [ilustrações Graça Lima; Översättare/tradução Helena Vermcrantz] Hjulet, 2017. {vencedor da Estrela de Prata do Prêmio Peter Pan 2018, do International Board on Books for Young People - IBBY}.

Em Antologias
::
 Poranduba - Roda de histórias indígenas - 1 Livro + 4 CD'S: CD 1 – Criação e amor - CD 2 – Metamorfose e magia - CD 3 – Fogo, água, céu e terra - CD 4 – Plantas e animais. [organização Rute Casoy]. Editora Nau, 2009. {Um mergulho nas histórias de 28 mitos indígenas brasileiros. O projeto Poranduba é uma realização do grupo “Roda de Histórias Indígenas”, do INBRAPI (Instituto Indígena Brasileiro para Propriedade Intelectual) e da Nau Editora e contou com o patrocínio do Programa Petrobras Cultural, na linha de Educação para as Artes, visando à produção de materiais para educadores | Histórias dos povos: Bororo, Desana, Guarani, Kayapó, Kaingang, Kamaiurá, Karajá, Kaxinawá, Krenak, Kuikuro, Macuxi, Mawé, Munduruku, Nambikwara, Taulipang, Tikuna, Tukano, Waijãpi, Wapichana, Xavante. | Possui histórias narradas por: Ailton Krenak e Kaká Werá Jecupé | Participações especiais de: Alvaro Tukano, Daniel Munduruku, Naná Vasconcelos, Pajé Kaba Biboy Munduruku, Cristino Wapichana, entre outros}.
:Antologia indígena. [organização Daniel Munduruku e Cristino Wapichana]. Cuiabá: Secretaria de Estado de Cultura: NEARIN, 2009. {autores presentes: Ailton Krenak, Aurilene Tabajara (Auritha), Cristino Wapichana, Estevão Carlos Taukane, Carlos Tiago Saterê Mawé (Tiago Hakiy), Daniel Matenho Cabixi, Daniel Munduruku, Edson Kayapó, Eliane Potiguara, Graça Graúna, Luciana Kaingang, Manoel Moura Tukano, Márcio Bororo, Rony Wasiry Guará, Rosi Whaikon, Severiá Idiorê e Verônica Manauara}.
:: Makunaima: o mito atraves do tempo. [prefácio Cristino Wapichana; ilustrações Jaider Esbell]. São Paulo: Editora Elefante, 2019. {autores presentes: Cristino Wapichana, Marcelo Ariel, Mario de Andrade, Deborah Goldemberg, Theodor Koch-Grunberg, Iara Renno, Taurepang e Macuxi}.
:: Nós: uma antologia da literatura indígena. [organização e ilustrações Mauricio Negro]. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2019. {autores presentes: Lia Minápoty, Aline Ngrenhtabare L. Kayapó, Ariabo Kezo, Edson Krenak, Tiago Hakiy, Edson Kayapó, Estevão Carlos Taukane, Cristino Wapichana, Jera Poty Mirim, Rosi Waikhon, Jaguarê Yamã, e Jaime Diakara}.
:: Os meninos maluquinhos. [organização Fábio Yabu; ilustrações Ziraldo]. São Paulo: Melhoramentos, 2021. {autores presentes: Cristino Wapichana, Fabio Yabu, Guga Mafra, Gustavo Reiz, Load Comics, Rafael Calça, Raphael Draccon e Vitor Cafaggi}.
-----------
* imagem: Cristino Wapichana - foto: © Renato Parada.

Produção
:: Coleção Tembetá. [organização Kaká Werá; coordenação Sérgio Cohn e Idjahure Kadiwel; produção Cristino Wapichana]. Rio de Janeiro: Azougue Editorial / Revistas de Cultura; Lisboa: Oca Editorial. 2015-2019. {autores da coleçãoKaka Werá, Sonia Guajajara, Álvaro Tukano, Ailton Krenak, Jaider Esbell, Eliane PotiguaraDaniel Munduruku, Biraci Yawanawá, ...}.


"Depois que me livrei de influências ruins, consegui entender que a história tem uma alma, que ela se entrega quando ela te deseja como você a deseja, ela é uma entidade que quando quer se materializar, procura alguém com nível espiritual que se encaixe com ela, há um namoro, é bonito isso."
- Cristino Wapichana, In: PAPPIANI, Angela. Trincheiras indígenas: viagens de um contador de histórias. Outras Palavras, 4.6.2021. 


"Não gosto de etnia. Somos povo, somos nação. Mesmo que seja uma pessoa ela é povo. Isso tem poder"
- Cristino Wapichana. In: ALVES, Andrea. Nação e alma em literatura de resistência. Portal Mandala, 19.4.2021. 

****

Cristino Wapichana - foto: © Arquivo pessoal

FORTUNA CRÍTICA DE CRISTINO WAPICHANA

ALVES, Andrea. Nação e alma em literatura de resistência. In: Portal Mandala, 19.4.2021. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
BERTOL, Rachel. A arte literária dos indígenas. In: Valor Econômico, 19.4.2013. Disponível no link. (acessado em 9.12.2021).
CAMPOS, Nathália Dias Maciel. Resenha de férias: A Boca da Noite, de Cristiano Wapichana. In: Entrelinhas e afins, 18 de janeiro de 2019. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
CNFCP. Cristino Wapichana - A Onça e o Fogo, no projeto “Narro, logo existo! – narrativas brasileiras”. In: CNFCP, 2020. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
DANNER, Leno Francisco; DORRICO, Julie; CORREIA, Heloisa Helena Siqueira; DANNER, Fernando (Orgs.). Literatura indígena brasileira contemporânea: criação, crítica, recepção. [prefácio Ana Lúcia Liberato Tettamanzy]. 1ª ed., Porto Alegre: Editora Fi, 2018. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
DEPOIMENTO. Cristino Wapichana – Histórias em busca de um autor. In: Itaú Cultural, outubro de 2020. Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
DEPOIMENTO. Cristino Wapichana – Histórias de Contador [A série Histórias de Contador foi realizada em parceria com o Boca do Céu – Encontro Internacional de Contadores de Histórias e gravada no Itaú Cultural em maio de 2016]. In: Itaú Cultural, maio de 2016. Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
DEPOIMENTO. Cristino Wapichana – culturas indígenas [Depoimento gravado durante o evento Mekukradjá – Círculo de Saberes de Escritores e Realizadores Indígenas, em setembro de 2016, em São Paulo/SP]. In: Itaú Cultural, 21.9.2017.  Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
DÓRIA, Antonio Sampaio. A Boca da Noite [resenha]. In: Blogs e Livros, 17.9.2021. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
EMIRI, Loretta. Cristino: Escritor Wapichana. In: Pressenza, Roma, 1.3.2019. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
ENCONTRO com o Autor recebe Cristino Wapichana. In: Câmara dos Deputados,7.10.2021. Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
JR. BELLÉ. Escritores e escritora indígenas fazem dos saberes originários a matéria-prima para seus livros, cada vez mais premiados. Já podemos dizer que existe uma literatura genuinamente indígena?. In: Revista Trip, 30.1.2018. Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
LANÇAMENTO. A Boca da Noite, de Cristino Wapichana. In: Blog. Germina Literatura, 2016. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
MACIEL, Mayumi. “Nós – uma antologia de literatura indígena” apresenta pluralidade cultural. In: Instituto Aurora, abril de 2021. Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
MATOS, Ana Carolina. Cristino Wapichana revive em livro a memória do povo extinto Anembé. In: O Liberal, 28.7.2019. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
MELO, Tiago. Povos indígenas - Cristino Wapichana. In: Tiago Melo - Parada Pedagógica, 11 de jul. de 2020.  Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
MUNDURUKU, Daniel (mediação). Por uma Cosmologia e uma Política Indígenas nas Expressões Culturais – Mekukradjá – Círculo 5 (2016)/ Eliane Potiguara e Cristino Wapichana e Alberto Álvares. In: Itaú Cultural, 2016. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
MUNDURUKU, Daniel. Cristino Wapichana fala sobre seu povo, a política indigenista e Literatura Indígena. In: Daniel Munduruku, 2016. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
OFICINA. Convidados 2018: Cristino Wapichana (Boa Vista/RR). In: Boca do Céu, 3 de maio de 2018. Disponível no link. (acessado em 9.12.2021).
PAIS, Yvette. Uma linda conversa com Cristino Wapichana. In: Mercado Livros, 2020. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
PAPPIANI, Angela. Trincheiras indígenas: viagens de um contador de histórias. In: Outras Palavras, 4.6.2021. Disponível no link. (acessado em 9.12.2021).
PUBLISHNEWS. Cristino Wapichana na Lista de Honra do IBBY. In: Publish News, 4.9.2018. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
PUBLISHNEWS. Cristino Wapichana e Graça Lima vencem prêmio na Suécia. In: Publish News, 3.4.2018. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
PUC RIO. Entrevista com Cristino Wapichana. In: Revista Cátedra Digital, s. data. Disponível no link. (acessado em 8.12.2021).
SOLON, Ivo (direção). Blutenburg em foco entrevista Cristino Wapichana. In: Blutenburg em foco, 21 de maio 2021. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
SOMRORAIMA. Programa Som Roraima - episódio Cristino Wapichana. In: Rádio e TV Universitária - RTV, 27 de novembro de 2010. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
SOUZA, Sandra Cristina de; PATROCÍNIO, Ingrid Joyce de Lima. Literatura indígena infanto juvenil: "A boca da noite", de Cristino Wapichana como contribuição de ensino a escola para a educação fundamental II. In: Ipê Roxo, n. 1, p. 84–97. 2019. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
UFMG. Literatura Indígena. In: UFMG, 19.4.2017. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).
WUNDERSCHÖN. Cristino Wapichana - Abertura da exposição "Wunderschön". In: Instituto Martius-Staden, 2019. Disponível no link. (acessado em 10.12.2021).

"... a definição existe porque as pessoas ainda fazem seleção das coisas. É uma literatura recente, mas como qualquer outra tem autores excelentes, tem bons e tem razoáveis autores. Literatura é literatura, enquanto não houver essa compreensão vão fazer essa divisão. Colocam o indígena porque ainda precisam identificar."
- Cristino Wapichana. In: ALVES, Andrea. Nação e alma em literatura de resistência. Portal Mandala, 19.4.2021.

****

Cristino Wapichana - foto: © Arquivo pessoal

CRISTINO WAPICHANA NA REDE

:: E-mail: cristinowapichana@gmail.com / cristinowapichana@hotmail.com




© Direitos reservados ao autor/e ou ao seus herdeiros

© Pesquisa, seleção, edição e organização: Elfi Kürten Fenske


=== === ===
Trabalhos sobre o autor:
Caso, você tenha algum trabalho não citado e queira que ele seja incluído - exemplo: livro, tese, dissertação, ensaio, artigo - envie os dados para o nosso "e-mail de contato", para que possamos incluir as referências do seu trabalho nesta pagina. 


COMO CITAR:
FENSKE, Elfi Kürten (pesquisa, seleção, edição e organização). Cristino Wapichana e a arte da literatura indígena. In: Templo Cultural Delfos, fevereiro/2022. Disponível no link. (acessado em .../.../...).
____
Página atualizada em 7.2.2022.
** Página original DEZEMBRO 2021.






Direitos Reservados © 2022 Templo Cultural Delfos 

3 comentários:

  1. Impressionante o trabalho de vocês, muitos desses autores dificilmente seriam conhecidos se não fosse por esse empenho em pesquisa e a divulgação delas!

    ResponderExcluir
  2. Cristino Wapichana é um escritor admirável, um um parente inspirador de novos horizontes para nossa produção! Um guerreiro de luz!!!

    ResponderExcluir
  3. Haevete, compartilhei no blog, sucesso.

    ResponderExcluir

Agradecemos a visita. Deixe seu comentário!