Leila Maria - o dom de cantar

 

Leila Maria - foto ©Nana Moraes


© Pesquisa, seleção, edição e organização: Elfi Kürten Fenske


"Depois de ter abandonado tudo para viver de música, não quero apenas fama. O primordial é cantar para quantas pessoas for possível e levar o que eu penso da vida, com o auxílio do dom que Deus me deu, já que eu nunca estudei canto e sou grata por ter nascido assim. De tudo que eu passei, eu lidei com egos diferentes, com inveja, com pessoas diversas. Tudo mexe com o que você é. E então você tem que escolher se vai agir de determinada maneira contra o que você acredita, o que vai fazer nessa profissão seguindo quem você é…."
- Leila Maria, In: CASTRO, Anna. Leila Maria mostra seu jazz nada ortodoxo em novo álbum: "não me vejo mais tendo que provar que sou boa". / Heloisa Tolipan, 16.11.2018. 


Esboço biobibliográfico de Leila Maria 

Leia Maria Costa Pinto , Rio de Janeiro - RJ, 15 de abril de 1956. Iniciou sua carreira artística apresentando-se em bares e teatros cariocas.

Filha de um oficial da Marinha Mercante, era sempre presenteada com discos das viagens do pai e era comum ouvir grandes nomes do jazz com ele, que a apresentou ao gênero que iria marcar sua carreira. Leila tentou jornalismo, mas o ato de cantar a chamava mais forte. Com os dois pés no chão, ela mergulhou nesse mundo jazzístico e continua desde então. “O jazz é algo que eu escuto desde pequena, então não era estranho para mim. Sugeriram que eu investisse no tipo de jazz que eu gostava de brincar informalmente, nunca pensei em transformar isso numa vertente para mim. Mas, com a ideia de aumentar o meu alcance e fazer um jazz que não é comum na noite carioca, principalmente com temas como ‘Get out of town’, eu comecei a pensar nisso. E, então, eu fiquei conhecida como a cantora de jazz, quase uma Billie Holiday do Brasil. Mas isso só aconteceu porque as músicas autorais nesse viés de MPB, que eu me propus a fazer, não foram adiante por causa das circunstâncias envolvendo a gravadora e a minha produção. O jazz abriu uma porta para mim de forma natural e para continuar na música, eu fiquei nela. Eu trabalhei com muita gente incrível, como o saxofonista Paulo Moura. Eu faço com gosto!”, explicou a cantora. Com os CDs que vieram em inglês, Leila fez muito sucesso em países como os Estados Unidos e Alemanha. Viajou ao Japão, onde fez temporada de shows durante três meses. 

De volta ao Brasil, retomou sua atuação no cenário artístico através da produtora cultural e jornalista Nenen Krieger, que a apresentou a Cristina Braga, harpista da Orquestra do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e do grupo Opus 5. Juntas fizeram várias apresentações.

Em 1997, gravou seu primeiro CD, "Da cabeça aos pés". Ainda nesse ano, participou do projeto "Novo canto", da Rádio JB FM.

Participou, em 2003, do projeto "Jazz no Tom", no Bar do Tom (RJ), interpretando "You' ve changed" (Carey e Fischer), "All of me" (Simons), "Night and day" (Cole Porter), "Sophisticated lady" (Ellington, Parish e Mills) e "The more I see you" (Gordon e Warren, além de canções de George e Ira Gershwin, como "Our love is here to stay", "Embraceable you" e "Someone to watch over me".

Em 2004, apresentou-se no Parque das Ruínas, em Santa Teresa (RJ), pelo projeto "Miscelânea Pop". Nesse mesmo ano, lançou o CD "Off Key", contendo versões em inglês para canções. Fez show de lançamento do disco na Modern Sound e no Bar do Tom (RJ).

Em 2005, fez show no Teatro Rival BR, com o repertório do CD "Off Key".

Lançou, em 2007, o CD "Canções do amor de iguais", com músicas que de alguma forma tematizam o amor homossexual. Produzido pelo baixista Dunga a partir de uma idéia original do crítico musical Antônio Carlos Miguel, o CD traz no repertório as canções "Seu tipo" (Eduardo Dussek e Luiz Carlos Góes), "Você vai ser o meu escândalo" (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), "Ilusão à toa" (Johnny Alf), "Mapa-mundi" (Marina Lima e Antonio Cícero), "Gatas extraordinárias" (Caetano Veloso), "Um certo alguém" (Lulu Santos e Ronaldo Bastos), "Mar e lua" (Chico Buarque) e "Se você voltar" (Angela Rô Rô e Antonio Adolfo), além das internacionais "Lush life" (Billy Strayhorn), "All of you" (Cole Porter), "Sexuality" (K. D. Lang e Ben Mink), "Kissing a fool" (George Michael) e "Nature boy" (Eden Ahbez).

De 2013 a 2017 apresentou-se no bar Grand Prix do Hotel Novo Mundo com o Trio Osmar Milito, Sérgio Barrozo e Pascoal Meirelles.
 
Em 2013, gravou um disco em homenagem a Billie Holliday. O trabalho foi fruto de uma sugestão do empresário Pedro Lazera, dono da Imifarma, rede de drogarias com lojas em todo o Norte e Nordeste do país. Disposto a diversificar os produtos à venda em suas lojas, ele decidiu patrocinar o disco e toda a sua produção, incluindo os custos com os músicos convidados, dentre eles Cristovão Bastos e Itamar Assiere.  

O empresário faleceu antes do disco chegar às lojas. Contudo, de posse de alguns poucos CDs, a cantora entregou uma cópia a José Maurício Machline, que o incluiu na categoria “melhor disco em língua estrangeira” do Prêmio da Música Brasileira. O trabalho ganhou o prêmio máximo e logo tornou-se alvo do interesse da gravadora Biscoito Fino, que entrou na justiça para conseguir os direitos de lançamento do disco.  

Em 2015, enquanto aguardava o lançamento oficial, apresentou no Hotel Novo Mundo, no Rio de Janeiro, um show no qual cantou Billie Holliday, mostrando ao público as músicas gravadas por ela. 

A cantora carioca foi vice campeã da edição de 2021 do programa The Voice - TV Globo.

Nos palcos já se apresentou ao lado de Luiz Melodia, Alaíde Costa, Jorge Mautner, Áurea Martins, Rosa Marya Colin, Zezé Motta,  Paulo Moura, Osmar Milito, Nivaldo Ornelas, Pascoal Meirelles, Delia Fischer,
 Philippe Baden Powell, Cristovão Bastos, Itamar Assiére, Hamilton de Holanda e Yamandu Costa para citar alguns. 

Leila Maria prepara novo disco no estúdio da companhia fonográfica, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). A produção musical e arranjos serão de Guilherme Kastrup e direção de Ana Basbaum. O 6º álbum da sua carreira, contará com participação especial da pianista e cantora Maíra Freitas. Lançamento pelo selo Biscoito Fino, em 2022.
------------


****


Leila Maria - foto © Marcelo Castello Branco / Sala Municipal Baden Powell


Leila Maria - compositora

  1. Algumas imagens da paixão (Leila Maria)
  2. Bom é beijar (Leila Maria)
  3. Caravançará (Leila Maria)
  4. Da cabeça aos pés (Leila Maria)
  5. Esfinge (Leila Maria)
  6. Estrela (Leila Maria e Teca Batista)
  7. Nada no mundo (Leila Maria)
  8. Os olhos de Alice (Leila Maria)
  9. Personas (Leila Maria e Rodrigo Braga)
  10. Resgate (Leila Maria)
  11. Tempo de Rio (Leila Maria)
  12. Toda a tristeza (Leila Maria)


****

Leila Maria - foto ©Nana Moraes

Discografia de Leila Maria

CD
2018 - Tempo • Leila Maria • Biscoito Fino • CD 
2015 - Leila Maria canta Billie Holiday in Rio • Leila Maria • Biscoito Fino • CD
2007 - Canções do amor de iguais • Leila Maria • Deckdisc • CD
2004 - Off Key • Rob Digital • Leila Maria • CD
1997 - Da cabeça aos pés (Von Kopf Bis Fuss) • Leila Maria • Independente • CD  

Singles e EPs

2021 - Leila Maria • "Nosso jazz" • Digital single • Selo Little Glass Records  
2019 - Mauro Marcondes e Leila Maria • "Love forecast" • Digital single • Selo 2 Luas 
1983 - Leila Maria • "Leila Maria" • EP • Selo Multi Record (GRA62008137 /vinil, 7", 33 ⅓ RPM) 

- participação especial - 
Ver no subtítulo abaixo em: Leila Maria - participação e participação especial em álbuns de diversos artistas ou coletâneas da MPB

****

Álbuns de Leila Maria



Capa "Tempo" • Leila Maria • CD • Selo Biscoito Fino • 2018

Álbum "Tempo" • Leila Maria • CD • Selo Biscoito Fino (cat.?) • 2018

- Canções
1. Valsa do tempo (Rodrigo Braga)
2. Personas (Leila Maria e Rodrigo Braga)
3. Caravançará (Leila Maria)
4. Mar desconhecido (Tiago Mocotó e Marcos Oliva) | Participação especial Tiago Mocotó
5. Resgate (Leila Maria)
6. 'Pot-pourri'
- Anthropos (Teresa Brito)
- Tempo de Rio (Leila Maria)
7. Suburbano e rural (Rodrigo Braga) | Participação especial Marko Andrade
8. Poeira e solidão (Sueli Costa)
9. Uma puríssima (Antônio Carlos Otaviano)
10. Os olhos de Alice (Leila Maria)
ficha técnica - Músicos: Leila Maria (voz), Rodrigo Braga (piano), Rodrigo Ferreira (contrabaixo), Daniel Santana (bateria) | Direção musical e arranjos: Rodrigo Braga
** Ouça o álbum completo AQUI!

***

Capa "Leila Maria canta Billie Holiday in Rio" • Leila Maria • CD • Selo Biscoito Fino • 2015 

Álbum "Leila Maria canta Billie Holiday in Rio"  Leila Maria • CD • Selo Biscoito Fino (cat. RF 039-2) • 2015 


- Canções
1. Comes love (Lew Brown, Sam H. Stept e Charles Tobias) | arranjo e piano: Delia Fischer 
2. Embraceable you (George Gershwin e Ira Gershwin) | arranjo e piano: Cristovão Bastos 
3. I'll be seeing you (Sammy Fain e Irving Kahal) | arranjo e piano: Itamar Assiere 
4. Good morning heartache (Irene Higginbotham, Erwin Drake e Dan Fisher) | arranjo e piano: Paulo Midosi 
5. Love me or leave me (Walter Donaldson e Gus Kahn) | arranjo e piano: Sheila Zagury 
6. The very thought of you (Ray Noble) | arranjo e piano: Fernando Costa 
7. You go to my head (Haven Gillespie e John Frederick Coots) | arranjo e piano: Paulo Midosi e Fernando Moura 
8. Easy living (Leo Robine Ralph Rainger) | arranjo e piano: Itamar Assiere 
9. Everything happens to me (Matt Dennis e Tom M. Adair) | arranjo e piano: Rodrigo Braga 
10. You've changed (Bill Carey e Carl Fischer) | arranjo e piano: Cristovão Bastos 
11. The same old story (Newt Oliphant, Michael Field) | arranjo e piano: Fernando Costa 
12. God bless the child (Billie Holiday e Arthur Herzog Jr.) | arranjo e piano: Delia Fischer 
13. Swing, brother, swing (Clarence Williams, Walter Bishop e Lewis Raymond) | arranjo e piano: Rodrigo Braga 
ficha técnica - Músicos: Leila Maria (voz), Cristovão Bastos (piano e arranjo), Rodrigo Braga (piano e arranjo),  Delia Fischer (piano e arranjo), Itamar Assiere (piano e arranjo),  Paulo Midosi  (piano e arranjo), Fernando Moura  (piano e arranjo), Sheila Zagury (piano e arranjo), João Lyra (violão), Marcos Amorim (guitarra, violão), Leo Amuedo (guitarra), Cesão Dias (baixo), Jorge Helder (baixo), Sidão Santos (baixo),  Pedro Aune (baixo), Ronaldo Diamante (baixo), Elcio Cáfaro (bateria), Naife Simões (bateria), Robertinho Silva (bateria), Jurim Moreira (bateria), Gilmar Ferreira (trombone), Marlon Sette (trombone), Geraldo Costa (trompa), Edu Santana (trompete), Diogo Gomes (trompete), José Arimatéa (trompete), Zé Canuto (sax), Chico Costa (sax), Daniela Spielmann (sax), Idriss Boudrioua (sax), Henrique Band (sax barítono), Marcelo Martins (sax), Tino Jr. (sax, flauta), Joana Queiroz (clarinete, flauta), Levi Chaves (clarinete, flauta) + Quarteto de cordas Bessler | Produção musical e gerência do projeto: Paulo Midosi | Produção executiva: Beth Oliveira | Concepção artística e musical: Leila Maria | Direção geral: Pedro Lazera | Assistente de direção: Eduardo Laignier | Gravação: Estúdio Century (bases) - Engenheiro de gravação: José Felipe e Ranier Alves; Assistente de estúdio: Cristiano e Márcio / Cia dos Técnicos (voz) - Engenheiro de gravação: Mário Jorge Bruno; Assistente de estúdio: Frederico e Yuri | Mixagem: Marcelo Sabóia | Masterização: Luigi Carlos Hoffer | Fotografos: Koury; José Roberto Couto; Beth Oliveira | Figurino: Edson Alexandre Stylist | maquiagem e cabelo: Antonio Monteyro | Consultoria de inglês: Ilene Zeitzer | Projeto gráfico: Haroldo Cazes/ HCdesign  | Patrocínio: Pedro Lazera | Gravado e produzido em 2012/2013.
** "Melhor álbum em língua estrangeira" no Prêmio da Música Brasileira de 2014
** Ouça o álbum completo AQUI!

***

Capa "Canções do amor de iguais" • Leila Maria • CD • Selo Deckdisc • 2007

Álbum "Canções do amor de iguais" • Leila Maria • CD • Selo Deckdisc (cat. 22076-2) • 2007


- Canções
1. Você vai ser o meu escândalo (Roberto Carlos e Erasmo Carlos)
2. Seu tipo (Eduardo Dussek e Luis Carlos Góes)
3. Kissing a fool (George Michael)
4. Ilusão à toa (Johnny Alf)
5. Nature boy (Eden Ahbez)
6. Mapa-múndi (Marina Lima e Antônio Cícero)
7. Gatas extraordinárias (Caetano Veloso)
8. Sexuality (K. D. Lang e Ben Mink)
9. Um certo alguém (Lulu Santos e Ronaldo Bastos)
10. All of you (Cole Porter)
11. Mar e lua (Chico Buarque)
12. Lush life (Billy Strayhorn)
13. Se você voltar (Ângela Ro Ro e Antônio Adolfo)
- ficha técnica - Músicos: Leila Maria (voz), Hiroshi Mizutani (piano e teclados), Vinicius Rosa (guitarra e violão), Dunga (contrabaixo e programações), Chocolate (bateria e percussão), Marcos Sabóia (programações adicionais); Brunoo Migliari (contrabaixo -fx. 12), Rodrigo Braga (piano - fx. 12), Milton Guedes (flauta e harmônica - fx. 10 e sax - fx. 4) | Produção: Dunga; Projeto: Antônio Carlos Miguel
** Ouça o álbum completo AQUI!

***

Capa  "Off key" • Leila Maria • CD • Selo ZYX Music ‎– RD 073 (Alemanha) • 2006

Álbum "Off key" • Leila Maria • CD • Selo Rob Digital  • 2004

Outras edições: Selo ZYX Music ‎– RD 073 (Alemanha) • 2006

Canções -
1. Off key {Desafinado} (Tom Jobim e Newton Mendonça; vrs. Gene Lees)
2. The island {Começar de novo}. (Ivan Lins e Vitor Martins; vrs. Alan e Marilyn Bergman)
3. Like a lover {O cantador}. (Dory Caymmi e Nelson Mota; vrs. Alan e Marilyn Bergman)
4. Dindi (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira; vrs. Ray Gilbert)
5. Let' start right now {Raios de luz}. (Cristovão Bastos e Abel Silva; vrs. Roxanne Seeman)
6. Dreamer {Vivo sonhando}. (Tom Jobim; vrs. Gene Lees)
7. A day in the life of a fool (Manhã de carnaval}. (Luis Bonfá e Antônio Maria; vrs. Carl Sigman)
8. Nothing will be as it was {Nada será como antes}. (Milton Nascimento e Ronaldo Basto; vrs. Rene Vincent)
9. All that's left is to say goodbye {É preciso dizer adeus}. (Tom Jobim e Vinicius de Moraes; vrs. Ray Gilbert)
10. Quiet nights of quiet stars {Corcovado}. (Tom Jobim; vrs. Gene Lees)
11. The day it rained {Chuva}. (Durval Ferreira e Pedro Camargo; vrs. Ray Gilbert)
12. Summer samba {Samba de verão}. (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle; vrs. Norman Gimbel)
13. A little tear {Razão de viver}. (Eumir Deodato e Paulo Sérgio Valle; vrs. Ray Gilbert)
ficha técnica - Músicos: Leila Maria (voz), Cristovão Bastos (piano), João Lyra (violão), Jorge Helder (baixo), Carlos Bala (bateria), Jessé Sadock (flugel) | Direção musical e arranjos: Cristovão Bastos | Produção: José Milton 
** Ouça o álbum completo AQUI!

***

Capa "Da cabeça aos pés (Von Kopf Bis Fuss)" • Leila Maria • CD • Selo  Independente • 1997

Álbum "Da cabeça aos pés (Von Kopf Bis Fuss)" • Leila Maria • CD • Selo  Independente (cat. GPA – 0004-2) • 1997

 
- Canções
1. Lágrimas negras (Jorge Mautner e Nelson Jacobina)
2. Da cabeça aos pés (Leila Maria)
- Citação: "Três tempos" (Ricardo Bacelar)
3. Esfinge (Leila Maria)
4. Caras e bocas (Caetano Veloso e Maria Bethânia)
5. Moto 1 (Fagner e Belchior)
6. É a vida que diz (Marina Lima, Antônio Cícero e Pisca)
7. Nada no mundo (Leila Maria)
8. Divinamente nua, a lua (Orlando Morais e Caetano Veloso)
9. Toda a tristeza (Leila Maria)
10. Navio (Djavan, Flávia Virgínia e Max Viana)
11. Refazer (Leila Maria e Giovani Marangoni)
12. Bom é beijar (Leila Maria)
13. Get out of town (Cole Porter)
14. Algumas imagens da paixão (Leila Maria)
ficha técnica - Músicos: Leila Maria (voz), ...


"O jazz é algo que eu escuto desde pequena, então não era estranho para mim. Sugeriram que eu investisse no tipo de jazz que eu gostava de brincar informalmente, nunca pensei em transformar isso numa vertente para mim. Mas, com a ideia de aumentar o meu alcance e fazer um jazz que não é comum na noite carioca, principalmente com temas como ‘Get out of town’, eu comecei a pensar nisso. E, então, eu fiquei conhecida como a cantora de jazz, quase uma Billie Holiday do Brasil. Mas isso só aconteceu porque as músicas autorais nesse viés de MPB, que eu me propus a fazer, não foram adiante por causa das circunstâncias envolvendo a gravadora e a minha produção. O jazz abriu uma porta para mim de forma natural e para continuar na música, eu fiquei nela. Eu trabalhei com muita gente incrível, como o saxofonista Paulo Moura. Eu faço com gosto!"
- Leila Maria, In: CASTRO, Anna. Leila Maria mostra seu jazz nada ortodoxo em novo álbum: "não me vejo mais tendo que provar que sou boa". / Heloisa Tolipan, 16.11.2018. 

****


Leila Maria - foto © Cristina Granato


Leila Maria - Singles e EPs


Leila Maria  "Nosso jazz Digital single • Selo Little Glass Records  2021  

- música - 
:: Nosso jazz (Rodrigo Braga e Rodrigo Lampreia) | Interprete: Leila Maria / participação: Rodrigo Braga e Rodrigo Lampreia | Selo Little Glass Records, 2021 || disponível para audição no link. (acessado em 14.2.2022).

***

Mauro Marcondes e Leila Maria  "Love forecast Digital single • Selo 2 Luas  2019  

- música - 
:: Love forecast (José Augusto Marques de Campos e Mauro Marcondes Rodrigues) | Mauro Marcondes Rodrigues e Leila Maria | Selo 2 Luas, 2019 | - ficha técnica - músicos:  Leila Maria (voz), Mauro Marcondes Rodrigues (voz), Leandro Braga trio {Leandro Braga - piano e arranjo; Rodrigo Villa - contrabaixo e Rodrigo Scofield - bateria}, Marcelo Martins (sax) | produção: CopaBacana | direção: Felipe Camara | produção: Kiko Feitosa | Gravado no Manouche e Estúdio Lontra - no Rio de Janeiro || disponível para audição no link. (acessado em 14.2.2022).

***

Leila Maria  "Leila Maria EP • Selo Multi Record (GRA62008137 /vinil, 7", 33 ⅓ RPM)  1983

- música - 
1. Estrela (Leila Maria e Teca Batista)
2. Sono dos sacis (Fátima Regina e Paulo Cesar Feitosa
- ficha técnica - músicos: Leila Maria (voz), Jacaré (bateria), Carlinhos Queiroz (baixo e guitarra), Soninha Queiroz (percussão), Júlio Villani (piano), Paulinho Dédu (violão - fx. 2), Gil (sax) | vocal*: Lú Meirelles, Leila Márcia, Carlinhos, Vanja e Paulinho | palmas*: Soninha, Vanja, Carlinhos, Marri, L. Fernando, Teca e Leila. (*vocais e palmas - faixa 1) | direção musical, arranjos e regência: Carlinhos Queiroz | produção: John McCarthy, Leila Pinto e Teca Batista | capa, contracapa e encarte: Otávio Studart | arte final: Sonia Freitas | foto: Teca Batista | visual: José Carlos/ Laborda | técnicos de gravação: Carlos Schuchardt e Penynha | mixagem e edição: Penynha | Gravado em abril de 1983, no Estúdio Haway - Rio de Janeiro

****

Leila Maria - foto ©Marcelo Castello Branco
Leila Maria - foto ©Marcelo Castello Branco

Leila Maria - participação e participação especial em álbuns de diversos artistas ou coletâneas da MPB

:: Álbum "Mulher popular brasileira - releituras". (Diversos artistas). CD . Selo Deckdisc (2012) | Interprete: Leila Maria | Canção: 'Seu tipo' (Eduardo Dussek e Luis Carlos Góes).
:: Álbum "Divas cantam Roberto Carlos". (Diversos artistas). CD . Selo IPlay/Portugal (2009) | Interprete: Leila Maria | Canção: 'Você vai ser o meu escândalo' (Roberto Carlos/Erasmo Carlos).
:: Álbum "Páginas da vida lounge -  Trilha Sonora da Novela da TV Globo". (Diversos artistas). CD . Selo Som Livre (2006) | Interprete: Leila Maria | Canção: 'Dindi' (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira; vrs. Ray Gilbert).
:: Álbum "6º Compasso samba & choro". (Diversos artistas). CD . Selo Biscoito Fino (2003) | Interprete: Leila Maria | Canção: 'Marambaia [Só Vendo Que Beleza]' (Henricão e Rubens Campos) -e- 'Me deixa em paz' (Monsueto e Airton Amorim)| * Gravado ao vivo no Paço Imperial - Rio de Janeiro, entre julho e dezembro de 2002.
:: Álbum "Dwitza". (Ed Motta). CD . Selo Universal Music (2002) | Interpretes: Leila Maria e Ed Motta | Canção: 'A balada do mar salgado' (Ed Motta).


Leila Maria - foto ©Guto Costa

Leila Maria - em Livro



"Solistas dissonantes: história (oral) de cantoras negras". de Ricardo Santhiago. [prefácio Cida Moreira; posfácio: Heloísa de Araújo D. Valente]. São Paulo: Letra e Voz, 2009.

Sinopse: Em Solistas Dissonantes: História (oral) de cantoras negrasRicardo Santhiago apresenta histórias orais de treze cantoras negras brasileiras: Adyel Silva, Alaíde Costa, Arícia Mess, Áurea Martins, Eliana Pittman, Graça Cunha, Ivete Souza, Izzy Gordon, Leila Maria, Misty, Rosa Marya Colin, Virgínia Rosa e Zezé Motta. Elas mostram como instituíram e consolidaram, na soma de conquistas individuais, uma nova história (oral) na música popular feita no Brasil. Emocionantes, intensas e reveladoras, suas histórias (orais) são solos surpreendentes em um encantador arranjo vocal.




Leila Maria -  filmografia 

Leila Maria - EPK
Sinopse: EPK para divulgação do disco "Leila Maria Canta Billie Holiday in Rio" (2012)
ficha técnica -
Fotos e maquiagem: Luciano Paiva
Concepção artística: Leila Maria
Produção fotográfica: Paulo Midosi e Beth Oliveira
Filmagem: E.U. - Experiência Única Filmes
Produção de vídeo: Matheus Puertas e Luci Paiva
Estúdio: Cia dos Técnicos (RJ)
Técnico de estúdio: Mario Jorge Bruno
Consultoria de língua inglesa: Ilene Zeitzer
Produtora: Omdocy 
Financiamento fonográfico: Pedro J. C. Lazera
Ano: 2012
** Disponível no link (acessado em 17.2.2022).

***

Documentário "Cemitérios gerais"
Curta/Experimental | 5,6 min. | Cor | 2021 
Sinopse: Em protesto pelas 500 mil mortes / sobre poemas de João Cabral de Melo Neto
- ficha técnica -
Direção e criação: Regina Miranda, Bebeto Abrantes e Cavi Borges 
Elenco: Regina Miranda, Aline Deluna, Marina Salomon, Leila Maria e Patricia Niedermeier
Fotografia e câmera: Fabricio Mota
Edição e finalização: Terêncio Porto
Produção: Cavideo, Cia Regina Miranda e AtoresBailarinos
Agradecimento especial: Inez Cabral
** Disponível no link (acessado em 17.2.2022).



Leila Maria - foto ©Marcelo Castello Branco 

Leila Maria - shows, apresentações em destaque


Leila Maria - espetáculo "Canções que fiz e as que gostaria de ter feito"  | Teatro Rival Refit "Abrindo Portas" | 22 de maio de 2021 | Transmissão Ao Vivo (1º Show foi em 24 de abril de 2021)

- No repertório, canções autorais e de Caetano Veloso, Milton Nascimento, Lulu Santos, Chico Buarque e George/Ira Gershwin, além de sucessos dos Tribalistas e dos Beatles. | - ficha técnica - músicos: Leila Maria (voz), Rodrigo Braga (piano, arranjos e direção musical), Rodrigo Ferreira (baixo) e Daniel Conceição (bateria). || ** Disponível no youtube do Teatro Rival (acessado em 15.2.2022) || informações adicionais: Leila Maria no Rival Refit. In: Rodoviária do Rio, s/data. Disponível no link. (acessado em 15.2.2022).  

Leila Maria, Vittor Santos e Orquestra Atlântica | Festival Som do Rio |  Sala Cecilia Meireles - Rio de Janeiro | 10 de outubro 2019

- - ficha técnica - músicos: Leila Maria (voz), Vittor Santos (trombone) e Orquestra Atlântica: Marcelo Martins (sax tenor e flauta), Danilo Sinna (sax alto e flauta), Levi Chaves (sax barítono, clarineta e clarone), Jessé Sadoc (trompete e flügelhorn), Gesiel Nascimento (trompete e flügelhorn), Aldivas Ayres (trombone), Wanderson Cunha (trombone), Marcos Nimrichter (piano), Jorge Helder (baixo), Marcio Bahia (bateria), Dadá Costa (percussão) | produção: Mauro Cleverson; apresentação: Jota Carlos | técnico de som: Marcelo Mesquita || informações adicionais: Sala Cecília Meireles/programação. Disponível no link. (acessado em 15.2.2022).

Leila Maria - Tudo É Jazz 2018  | Festival Internacional de Jazz de Ouro Preto | Largo do Rosário - Ouro Preto MG | | Noturno - Rede Minas TV

- repertório - 1. God bless the child (Billie Holiday e Arthur Herzog Jr.); 2. You go to my head (Haven Gillespie e John Frederick Coots); 3. Comes love (Lew Brown e Sam H. Stept); 4. Get out of town (Cole Porter); 5. Georgia on my mind (Hoagy Carmichael e Stuart Gorrell); 6. Blue moon (Richard Rodgers e Lorenz Hart); 7. Dindi (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira); 8. So nice {Samba de verão}.. (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle / vrs. inglês Norman Gimbel); 9. Swing brother swing (Clarence Williams, Walter Bishop e Lewis Raymond); 10. A night in Tunisia (Dizzy Gillespie e Charlie Parker) | - ficha técnica - músicos: Leila Maria (voz), Rodrigo Braga (arranjos e piano), Daniel Conceição (bateria), Rodrigo Ferreira (baixo) | produção: ALCE - Associação Livre de Cultura e Esporte - New View Entretenimento | assessoria de imprensa: NOIR | comunicação de redes digitais: Plano B | fotografia: Macaca Filmes | camarim: Fátima Regina | técnico de som: Fabricio Otoni | chefe de palco: Claudio Castanheira | diretora operacional: Suzana Alves Costa | produtora executiva: Maria Clara Amorim | diretor executivo: Rud Carvalho| coordenação geral e curadoria: Maria Alice Martins | realização: ACL e ALCE  || * registro e transmissão: Rede Minas TV - Fundação TV Minas Cultural e Educativa [apresentação: Túlio Mourão; direção: Luiz Flávio Lima; produção: Bia Melo; edição de imagens e finalização: Léo X; figurino: Nara Vasconcelos; estagiarias: Kathleen Poncio e Rafaela Alcantara; maquiagem: Gláucia Tomaz, Lisa Soares e Rafaela Soares; designer: Tatiane Coura; operação de câmera: Bruno Francis, Cristiano Portela, Eduardo Amorim, Fabrício Rocha e Primitivo Filho; contrarregra: Júlio Cruz; operação de áudio: Marco Diniz e Rogério Nonato; operação de vt: Renilton Reis; operação de tp: Bia Melo; direção de imagens: Gerson Pires e Luiz Flávio Lima; supervisão de operações externas: Wanderley Almeida; coordenação de externas: Magela Cardoso; operação de controle mestre: Ana Claudia Gonçalves, Douglas Esteves, Dyego Trindade, João Batista, Julio César Lopes e Kaique Cézio; manutenção técnica: Ailton Júnior, Alex Ramos, Eder Cruz, Gabriel Mavroudes e Guilherme Henrique; supervisão de operações: Cristiano Martins, Flavio Bastos, Jorge Senna; coordenação de operações: Kennedy Martins; coordenação de manutenção: Túlio Finelli; coordenção CEDOC: Luciana Barbosa; coordenação de programação: Angelo Roncalli; coordenação de produção: Elizabete Araújo; coordenação de arte e chamadas: Raquel Nicoli; direção de arte: Arnaldo Duarte e Carlos Lage; gerência de produção: Frederico Claret; gerência de programação: Gerusa Coelho; gerência de marketing: Adriana Barbosa; gerência técnica: Pedro Velásquez; diretoria de planejamento, gestão e finanças: Fernando de Paula Ávila; diretoria de jornalismo: Izabel Zoglio; diretoria de programação e produção: Marisa Guimarães; diretoria técnica: Luiz Meireles; diretoria executiva: Eduardo Gomes; presidência: Kiko Ferreira] |  Exibido em: 24.8.2019 || ** Disponível no canal do youtube da Rede Minas TV (acessado em 15.2.2022). 


Leila Maria - arte ©Túlio Campos

Leila Maria - fortuna crítica


CASTRO, Anna. Leila Maria mostra seu jazz nada ortodoxo em novo álbum: "não me vejo mais tendo que provar que sou boa". in: Heloisa Tolipan, 16.11.2018. Disponível no link. (acessado em 8.8.2021).
ENTREVISTA. Leila Maria. In: Ofício de Cantora, 2015? Disponível no link. (acessado em 8.3.2022).
FERREIRA, Mauro. Leila Maria descortina admirável mundo novo / antigo ao dar voz à obra de Djavan no álbum 'Ubuntu'. In: G1, Globo, 27.4.2022. Disponível no link. (acessado em 27.4.2022).
FERREIRA, Mauro. Leila Maria lança o primeiro disco após ter ganhado visibilidade nacional no programa 'The Voice +'. In: G1/Globo, 20.4.2021. Disponível no link. (acessado em 14.2.2022).
FERREIRA, Mauro. Leila Maria volta a gravar músicas autorais, após 21 anos, em disco feito no tempo singular da cantora. in: G1/Globo, 14.11.2018. Disponível no link. (acessado em 8.8.2021).
GUIA DO RIO. Leila Maria no Rival Refit. In: Rodoviária do Rio, s/data. Disponível no link. (acessado em 15.2.2022). 
LETTIERE, Giovani. Leila Maria lança terceiro CD, 'Canções do amor de iguais'. in: O Globo, 5.3.2012. Disponível no link. (acessado em 8.8.2021).
GONÇALVES FILHO, Antônio. Leila Maria, a negra brasileira que ressuscitou voz de Billie Holiday. in: Notibras, 9.2.2016. Disponível no link. (acessado em 8.8.2021).
GONÇALVES FILHO, Antônio. Em novo CD, Leila Maria mostra que é a intérprete ideal de Billie Holiday. in: Estadão, 9.2.2016. Disponível no link. (acessado em 8.8.2021).
IMMUB. Leila Maria canta seu CD Tempo. in: IMMuB, 23.1.2019. Disponível no link. (acessado em 8.8.2021).
MARTÍN, Maria. A Billie Holiday carioca que quer cantar em português. in: El País, 27.2.2016. Disponível no link. (acessado em 8.3.2021).
REFIT. A cantora Leila Maria num bate-papo com a jornalista Carla Paes Leme / Live do teatro Rival Refit | Disponível no link. (acessado em 15.2.2022). 
SOBRINHO, Pedro. Leila Maria quer a participação da plateia em show, em São Luís. in: PedroSobrinho news, 25.7.2018. Disponível no link. (acessado em 18.3.2021).


Leila Maria - Amizades musicais


Leila Maria e Paulo Moura - Jambalaya Jazz, Cais do Oriente - RJ, 2003 | foto © acervo LM



Edu Krieger, Leila Maria, Carlos Navas, Áurea Martins e Marcos Sacramento. Sala Baden Powell - 
Rio de Janeiro, 2009 - Encontros memoráveis | foto © Acervo Leila Maria


Leila Maria entre Lui Coimbra e Naná Vasconcellos, após o show deles no SESC - Ginástico, em 2010
 - foto ©Jorge Ferreira


Luis Melodia e Leila Maria - foto ©Maria Alice Sauma


Moacyr Luz e Leila Maria - foto: ©Sandra Costa

Zezé Motta e Leila Maria, no Cais do Oriente, em 2002 - foto: © acervo Leila Maria

Alaíde Costa (...) e Leila Maria. SESC Pinheiros - SP, Março/2010 - foto: © acervo Leila Maria


Áurea Martins e Leila Maria. foto: © Marcelo Castello Branco

Cristovão Bastos, João Lyra, Jorge Helder e Leila Maria, no Bar Grand Prix do Hotel Novo Mundo, 2005.  lançamento do meu 
terceiro CD, o Off Key. O baterista que não aparece na foto,  é o Carlos Bala - foto: © Simone Portellada

Leila Maria e Jorge Mautner, Ecos da Cidade na Sala Funarte - RJ,
 em 2010 - foto: © acervo Leila Maria

Leila Maria e Morgan Freeman, Cais do Oriente, 2002 - foto: © acervo Leila Maria

Luiz Melodia, Leila Maria e o pianista Tomás Improta - foto: ©Jorge Ferreira


Leila Maria - Rede online 


***
--------
imagem: Leila Maria - foto ©Cristina Granato


© Pesquisa, seleção, edição e organização: Elfi Kürten Fenske
© Direitos reservados a autora/e ou seus herdeiros
=== === ===

Trabalhos sobre a autora:
Caso, você tenha algum trabalho não citado e queira que ele seja incluído - exemplo: discos, álbuns, livros, tese, dissertação, ensaio, artigo ou outros - envie os dados para o nosso "e-mail", para que possamos incluir as referências do seu trabalho nesta pagina. 
COMO CITAR:

FENSKE, Elfi Kürten (pesquisa, seleção, edição e organização). Leila Maria - o dom de cantar. in: Templo Cultural Delfos, março/2022. Disponível no link. (acessado em …/…/…).
-----------
*Postagem atualizada em: 17.3.2022.
** Postagem original MARÇO/2022.




Direitos Reservados © 2022 Templo Cultural Delfos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a visita. Deixe seu comentário!