Nise da Silveira - uma psiquiatra rebelde

Nise da Silveira - foto: (...)
Nise da Silveira (médica psiquiatra) nasceu em 15 de fevereiro de 1905 em Maceió (AL), filha do professor de matemática Faustino Magalhães e da pianista Maria Lídia da Silveira. Estudiosa, aos 16 anos  Nise  foi admitida na Faculdade de Medicina da Bahia e aos 21 anos concluiu o curso com uma monografia sobre a criminalidade feminina. Casou-se com o médico sanitarista Mário Magalhães. Começou a trabalhar com psiquiatria, interessada em novos métodos para tratar a esquizofrenia. Veio para o Rio de Janeiro e foi médica interna do Hospital da Praia Vermelha. Na agitação política dos anos 1930, foi denunciada e presa como comunista por 16 meses na Casa de Detenção da rua Frei Caneca. Nise foi reintegrada ao serviço público com a anistia e, em 1946, propôs ao diretor do Centro Psiquiátrico Pedro II, no bairro de Engenho de Dentro na cidade do Rio de Janeiro a criação de uma seção de terapia ocupacional naquele hospital Seu trabalho pioneiro de pesquisa sobre o tratamento da doença mental através da arte-terapia foi reconhecido internacionalmente. A produção artística dos internos foi reunida no Museu de Imagens do Inconsciente, fundado por ela em 1952. Alguns dos artistas revelados pelo trabalho da Dra. Nise alcançaram renome internacional, o mais famoso deles sendo Arthur Bispo do Rosário. Faleceu na cidade do Rio de Janeiro em 30 de outubro de 1999.
Foi membro fundadora da Sociedade Internacional de Expressão Psicopatológica ("Societé Internationale de Psychopathologie de l'Expression"), sediada em Paris.
:: Fonte: MELO, Hildete Pereira de; MARQUES, Teresa Cristina de Novaes. Nise da Silveira (1905-1999): médica psiquiatra. in: SCHUMAHER, Maria Aparecida (Schuma); BRAZIL, Erico Teixeira Vital.  Dicionário das Mulheres do Brasil. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar, 2000.
:: Saiba mais: CÂMARA, Fernando Portela. Vida e obra de Nise da Silveira. Psichiatry on line Brasil, vol. 7, n. 9, set. 2002. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).

"A criatividade é o catalisador por excelência das aproximações de opostos. Por seu intermédio, sensações, emoções, pensamentos, são levados a reconhecerem-se entre si, a associarem-se, e mesmo tumultos internos adquirem forma."
- Nise da Silveira, no livro "Imagens do inconsciente". Rio de Janeiro: Alhambra, 1981, p.11.


PRÊMIOS E CONDECORAÇÕES
:: Ordem do Rio Branco, no Grau de Oficial, pelo Ministério das Relações Exteriores. 1987.
:: Prêmio Personalidade do Ano, da Associação Brasileira de Críticos de Arte. 1992.
:: Medalha Chico Mendes, do grupo Tortura Nunca Mais. 1993.
:: Ordem Nacional do Mérito Educativo, pelo Ministério da Educação e do Desporto.1993.

"O exercício de múltiplas atividades ocupacionais revelava que o mundo interno do psicótico encerra insuspeitadas riquezas e as conserva mesmo depois de longos anos de doença, contrariando conceitos estabelecidos."
- Nise da Silveira, no livro "Imagens do inconsciente". Rio de Janeiro: Alhambra, 1981, p.11.


Nise da Silveira - foto: (...)
OBRA DE NISE DA SILVEIRA
Livros
:: Ensaio sobre a criminalidade da mulher no Brasil. (tese doutorado). Salvador BA: Faculdade de Medicina da Bahia | Imprensa Oficial do Estado, 1926.
:: Jung: vida e obra. Rio de Janeiro: José Álvaro Edições, 1968; Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1975; 1976; 1985; 1999.
:: Terapêutica Ocupacional: teoria e prática. Rio d Janeiro: Casa das Palmeiras, 1979.
:: Imagens do inconsciente. Rio de Janeiro: Alhambra, 1981.
:: Casa das Palmeiras - A emoção de lidar: uma experiência em psiquiatria. [Coordenação e prefácio de uma experiência em psiquiatria Nise da Silveira]. Rio de Janeiro: Alhambra, 1986.
:: O mundo das imagens. São Paulo: Editora Ática, 1992.
:: Nise da Silveira. Brasil - São Paulo: COGEAE|PUC-SP, 1992.
:: Cartas a Spinoza. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1995.
:: Gatos, a emoção de lidar. Rio de Janeiro: Léo Christiano Editorial, 1998.

Em parceria
Nise da Silveira
:: Artaud: a nostalgia do mais. [autores Nise da Silveira, Rubens Corrêa, Marco Lucchesi e Milton Freire]. Rio de Janeiro: Numen Editora, 1989.

Organização
:: A farra do boi: do sacrifício do touro na antiguidade à farra do boi catarinense. [organização Nise da Silveira]. Rio de Janeiro: Numen, 1989.

Escritos dispersos
FERREIRA, Martha Pires (org). Senhora das Imagens Internas: escritos dispersos de Nise da Silveira. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 2008.

Fotobiografia
MELLO, Luiz Carlos. Nise da Silveira: caminhos de uma psiquiatra rebelde. (biografia ilustrada). Rio de Janeiro: Automática Edições, 2ª ed., 2015.

Correspondência
LUCCHESI, Marco (org). Viagem a Florença: cartas de Nise da Silveira a Marco Lucchesi. Rio de Janeiro: Rocco, 2003.

Ensaios, resenhas e artigos em revistas e jornais
SILVEIRA, Nise da.. Estado mental dos afásicos. Revista de Medicina, Cirurgia e Farmácia - Rio de Janeiro, setembro 1944.
__________. Considerações teóricas sobre ocupação terapêutica. Revista de Medicina, Cirurgia e Farmácia - Rio de Janeiro, junho 1952.
__________. Contribuição aos estudos dos efeitos da leucotomia sobre a atividade criadora. Revista de Medicina, Cirurgia e Farmácia - Rio de Janeiro, janeiro 1955.
C. G. Jung e a psiquiatria. Revista Brasileira de Saúde mental, 7, 1962.
__________. 20 anos de Terapêutica Ocupacional em Engenho de Dentro (1946-1966). Revista Brasileira de Saúde Mental, v. 12 (número especial), 1966.
__________. Perspectiva da Psicologia de C. G. Jung. Revista Tempo Brasileiro, p. 21-22, 1970.
__________. O Museu de Imagens do Inconsciente – história. in: Museu de Imagens do Inconsciente. Coleção Museus Brasileiros vol. 2. Rio de Janeiro: MEC|Funarte, 1980,  p. 13-29.
__________. Retrospectiva de um trabalho vivido no Centro Psiquiátrico Pedro II. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, IX (1), p. 138-150, 2006. (trabalho original publicado em 1979). 
__________. 40 anos do Museu de Imagens do Inconsciente. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 41 (4), p. 147, 1992. 
Nise da Silveira, por Kácio
__________.; LEGALLAIS, P.. L’espérience d’art spontané chez les schizophrènes dans un service de therapeutique occupationelle. Revista Brasileira de Saúde Mental, 3, 105-114, dezembro de 1957.
__________.; LEGALLAIS, P.. Experiência de arte espontânea com esquizofrênicos num serviço de terapia ocupacional. Quaternio, nº 7 - 1996, p. 37-47.

Entrevistas com Nise da Silveira
SILVEIRA, Nise da.. Nise da Silveira - do mundo da caralâmpia à emoção de lidar. Entrevista com a Dra. Nise da Silveira, realizada em 3 e 4 de agosto 1992 por Gonzaga Leal e Rubem Rocha Filho. Disponível aqui: Parte I - Parte II - Parte III. (acessado em 23.5.2016).
__________. Entrevistas. in: MELLO, Luiz Carlos (org). Encontros: Nise da Silveira. Rio de Janeiro: Azougue, 2009.
__________. Entrevista com Nise da Silveira. [concedida a Luiz Gonzaga Pereira Leal]. in: Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 14, nº 1-3, 1994. Acesse AQUI!


“A configuração de mandala harmoniosa, dentro de um molde rigoroso, denotará intensa mobilização de forças auto-curativas para compensar a desordem interna. Então pedi para que fotografassem algumas mandalas e as enviei com uma carta para C. G. Jung, explicando o que se passava. Foi um dos atos mais ousados da minha vida.”
- Nise da Silveira, em "Nise da Silveira: caminhos de uma psiquiatra rebelde". (fotobiografia), de Luiz Carlos Mello. Rio de Janeiro: Automática Edições, 2ª ed., 2015.


"Porque as vivências sofridas pelos pacientes, bem como as riquezas de seu mundo interior, invisíveis para aqueles que se detêm apenas na miséria de seu aspecto externo, (...) apontam para a necessidade de uma reformulação da atitude face a esses doentes e de uma radical mudança nos tristes lugares que são os hospitais psiquiátricos..."
- Nise da Silveira, no livro "O mundo das imagens". São Paulo: Ática, 1992, p.18.


Nise da Silveira - foto: (...)
FORTUNA CRÍTICA DE NISE DA SILVEIRA
20 ANOS de Terapêutica Ocupacional em Engenho de Dentro (1946-1966). Revista Brasileira de Saúde Mental, v. 12 (número especial), 1966.
ABRAÇOS, Gabriela Borges. Aproximações entre Mario Pedrosa e Gestalt: crítica e estética da forma. (Dissertação Mestrado em Estética e História da Arte). Universidade de São Paulo, USP, 2012. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
ALMEIDA, Adir da Luz. Viajando pelo agridoce toque da ciência: o serviço de Ortofrenia e Higiene Mental no Rio de Janeiro de 1930: seus efeitos na escola, família, comunidade.  (Tese Doutorado em Educação). Universidade de São Paulo, USP, 2011. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
ALVES, Ivana Maria de Moura.. Para lembrar o legado de Nise da Silveira. Diário de Pernambuco, p. D1 - D4, 8 maio 2005.
ARANTES, José Tadeu (Kabir). Porta aberta para o Eu: uma entrevista com Nise da Silveira. in. josetadeuartas, 28.4.2015. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
AVENA, Djynnana de Azevedo. O engenho por dentro: cartografia das práticas cotidianas de cuidado em saúde mental dos auxiliares e técnicos de enfermagem na perspectiva da integralidade. (Dissertação Mestrado em Saúde Coletiva). Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.
BASAGLIA, Franco. A psiquiatria alternativa. São Paulo: Brasil Debates, 1979.
BEZERRA, Elvia. A Nise da Silveira que eu conheci. in: Blog IMS, 13.7.2012. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
BORGHETTI, Lou. Imagens do inconsciente: pintura e esquizofrenia. in: Atelier Lou Borghetti. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
CÂMARA, Fernando Portela. Vida e obra de Nise da Silveira. Psichiatry on line Brasil, vol. 7, n. 9, set. 2002. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
CÂMARA, Fernando Portela. A contribuição de Nise da Silveira para a psicologia junguiana. Psychiatry On-line Brazil, 9 de Março de 2004. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
CARVALHO, Sonia Maria Marchi de; AMPARO, Pedro Henrique Mendes.. Nise da Silveira: a mãe da humana-idade. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, IX(1), março 2006, p. 126-137. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
CASTRO, Eliane Dias de; LIMA, Elizabeth Maria Freire de Araújo. Resistência, inovação e clínica no pensar e no agir de Nise da Silveira.  Interface (Botucatu), Botucatu, v. 11, n. 22, ago. 2007. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
Nise e Jung no II Congresso de Psiquiatria em 1957
 em Zurique - foto: Almir Mavignier.
CASTRO FILHO, Claudio de Souza.. A estetização do inconsciente em Nise da Silveira. In: Fórum Krisis, 2006, Rio de Janeiro. Fórum Krisis: Philosophy, Humanities and Social Science. Rio de Janeiro: PUC Rio, 2005. v. 1. p. 18.
CAVINATO, Andréa Aparecida. Processos de criação: teatro e imaginário. (Tese Doutorado em Educação). Universidade de São Paulo, USP, 2011. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
CHAN, Gloria Thereza. Emygdio de Barros: o poeta do espaço. (Dissertação Mestrado em Artes Visuais). Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, 2009.
CRUZ JÚNIOR, Eurípedes Gomes da.. Do Asilo ao Museu: Ciência e Arte nas Coleções da Loucura. (Tese Doutorado em Museologia e Patrimônio). Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, 2015.
CRUZ JÚNIOR, Eurípedes Gomes da.. O Museu de Imagens do Inconsciente: das coleções da loucura aos desafios contemporâneos. (Dissertação Mestrado em Museologia e Patrimönio). Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, 2009.
CRUZ JÚNIOR, Eurípedes Gomes da.. Musica. In: Nise da Silveira. (Org.). Casa das Palmeiras: a emoção de lidar. Rio de Janeiro: Alhambra, 1982, v. , p. 64-66.
DIAS, Paula Barros. Arte, Loucura e Ciência no Brasil: as origens do Museu de Imagens do Incosnciente. (Dissertação Mestrado em História das Ciências da Saúde). Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, 2003.
DIONISIO, Gustavo Henrique. O antídoto do mal. Sobre arte e loucura, Mário Pedrosa e Nise da Silveira. (Dissertação Mestrado em Psicologia Social da Arte). Universidade de São Paulo, USP, 2004.
DIONISIO, Gustavo Henrique. A psicologia da Forma e as Imagens do Inconsciente: de Mário Pedrosa a Nise da Silveira. (Monografia Graduação em psicologia). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, 2001.
DIONISIO, Gustavo Henrique. O antídoto do mal. Crítica de arte e loucura na modernidade brasileira. 1ª ed., Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2012. v. 1. 193p.
DIONISIO, Gustavo Henrique. A psicologia da forma e as imagens do inconsciente: de Mário Pedrosa a Nise da Silveira. Psicologia: discência e pesquisa, UNESP - Assis - SP, v. II, n.2, p. 35-45, 2000.
DIONISIO, Gustavo Henrique. Museu de Imagens do Inconsciente. Psicologia: Ciência e Profissão (Impresso), Brasília, v. 3, p. 30-35, 2001.
DUNKER, Christian Ingo Lenz. Desencontro com Nise da Silveira. in: Blog da Boitempo, 2.3.2016. Disponível no link. (acessado em 24.5.2016).
FERREIRA, Ademir Pacelli. Espaço de Atividades e Conveniência Nise da Silveira: Pensando a Internação Vida Externa. In: A. T. Venâncio; E. M. Leal; P. G. Delgado. (Org.). O Campo da Atenção Psicossocial. Rio de Janeiro: Te Corá, 1997, v. , p. -.
FERREIRA, Ademir Pacelli. Nise da Silveira: uma vida dedicada à assistência, pesquisa e ensino. Boletim asduerj - uerj, rio de janeiro, v. II, p. 4-4, 2004.
FERREIRA, Ademir Pacelli. Na Seara de Nise. Quaterno, Rio de Janeiro, v. 8, p. 58-59, 2001.
FERREIRA, Martha Pires (org). Senhora das Imagens Internas: escritos dispersos de Nise da Silveira. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 2008.
FRANCO, Stefanie Gil. Terapêutica Ocupacional e Pesquisas Científicas: o modelo de Nise da Silveira dentro do Hospital Nacional dos Alienados. In: Reunião de Antropologia do Mercosul, 2009, Buenos Aires. Reunião de Antropologia do Mercosul, 2009.
FRAYZE-PEREIRA, João A.. Nise da Silveira: imagens do inconsciente entre psicologia, arte e política. in: Estudos Avançados. vol. 17 nº 49 - São Paulo Set./Dez. 2003. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
GALVANESE, Ana Tereza Costa. A produção do cuidado através de atividades de arte e cultura nos Centros de Atenção Psicossocial CAPS/ adultos do município de São Paulo. (Dissertação Mestrado em Medicina Preventiva). Universidade de São Paulo, USP, 2010. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
GUIMARAES, Jacileide; SAEKI, Toyoko. Sobre o tempo da loucura em Nise da Silveira. in: Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, nº 2, abril 2007. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
GULLAR, Ferreira. Nise da Silveira: uma psiquiatra rebelde. Rio de Janeiro, Relume-Dumará, 1996.
GULLAR, Ferreira. Loucura e arte. in: Folha de São Paulo, 18 nov. 2012.
JARDIM, Marilena de Pinho Monteiro. A estética do lixo no contexto da loucura. (Dissertação Mestrado em Artes). Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, 2003. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
KUMMER, Dídimo Otto. Nise: abecedário de uma libertadora. Maceió: Catavento, 2004.
Nise da Silveira e Raphael Domingues - foto (...)
LIMA, Elizabeth Araújo. Arte, clínica e loucura: território em mutação. São Paulo: Summus; Fapesp, 2009.
LIMA, Heloisa Espada Rodrigues. Fotoformas: a máquina lúdica de Geraldo de Barros. (Dissertação Mestrado em Artes Plásticas). Universidade de São Paulo, USP, 2006. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MAGALDI, Felipe Sales. Frestas Estreitas: uma etnografia no Museu de Imagens do Inconsciente. (Dissertação Mestrado em Antropologia). Universidade Federal Fluminense, UFF, 2014.
MAGALDI, Felipe Sales. Imagens do Inconsciente: pessoa e visualidade no projeto médico-científico de Nise da Silveira. in: Anais da ReACT - Reunião de Antropologia da Ciência e Tecnologia, v. 2, p. 1-26, 2015.
MAGALDI, Felipe Sales. Dentro do museu vivo: notas metodológicas sobre uma pesquisa no Instituto Municipal Nise da Silveira. In: VI Jornada de Alunos PPGA/UFF 2012, 2012, Niterói. VI Jornada de Alunos PPGA/UFF 2012, 2012.
MAGALDI, Felipe Sales. Imagens do Inconsciente: pessoa e visualidade no projeto médico-científico de Nise da Silveira. In: V Reunião de Antropologia da Ciência e da Tecnologia, 2015, Porto Alegre. V REACT, 2015.
MAGALDI, Felipe Sales. Del Inconsciente a la Ciudadanía: apuntes sobre Nise da Silveira y la reforma psiquiátrica brasileña. In: XI Congreso Argentino de Antropología Social, 2014, Rosario. XI CAAS, 2014.
MAGALDI, Felipe Sales. Do Eletrochoque ao Remédio: o ateliê terapêutico do Museu de Imagens do Inconsciente, 60 anos depois. In: X RAM - Reunião de Antropologia do Mercosul, 2013, Córdoba, Argentina. Anais da X RAM, 2013.
MAGALDI, Felipe Sales. Nise da Silveira e a construção do corpo e da pessoa na psiquiatria brasileira. In: VIII Jornada de Alunos do PPGA/UFF, 2014, Niterói. VII Jornada PPGA/UFF, 2014.
MATTAR, Maria Eduarda. Nise da Silveira: rebelde com causa. in: La Insignia - ciencia y tecnología, 20 de março de 2005.. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MELO, Hildete Pereira de; MARQUES, Teresa Cristina de Novaes. Nise da Silveira (1905-1999): médica psiquiatra. in: SCHUMAHER, Maria Aparecida (Schuma); BRAZIL, Erico Teixeira Vital.  Dicionário das Mulheres do Brasil. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar, 2000. 
MELO, Hildete Pereira de; RODRIGUES, Ligia. Maria. C. S.. Pioneiras da ciência no Brasil. São Paulo: Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 2006.
MELO JUNIOR, Walter. Ninguém Vai Sozinho ao Paraíso: o percurso de Nise da Silveira na psiquiatria do Brasil. (Tese Doutorado em Psicologia Social). Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, 2005. 
MELO JUNIOR, Walter. Os Mitos de Morte/Renascimento na Perspectiva de C. G. Jung. (Dissertação Mestrado em Psicologia - Psicologia Clínica). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, 2000.
MELO JUNIOR, Walter. Nise da Silveira. 1ª ed., Rio de Janeiro/Brasília: Imago/Conselho Federal de Psicologia, 2001, 161p.; 2ª ed., 2008.
MELO JUNIOR, Walter. O Efeito Dominó: a relação entre a obra de Niseda Silveira e a arte concreta no Brasil. In: Walter Melo; Ademir Pacelli Ferreira. (Org.). A Sabedoria que a Gente Não Sabe. 1ª ed., Rio de Janeiro: Espaço Artaud, 2011, v. 2, p. 79-94.
MELO JUNIOR, Walter. Nise da Silveira: a compreensão política das relações ou Tudo é sujo aos pés de um gato. In: Ana Maria Jacó-Vilela; Antônio Carlos Cerezzo; Heliana de Barros Conde Rodrigues. (Org.). Clio-Psyché Ontem - Fazeres e Dizeres Psi na História do Brasil. 1ª ed., Rio de Janeiro: Relume-Dumará/FAPERJ, 2001, v. , p. 15-30.
MELO JUNIOR, Walter. Nise da Silveira, Antonin Artaud e Rubens Corrêa: fronteiras da arte e da saúde mental. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, v. 2, p. 182-191, 2010.
MELO JUNIOR, Walter. Nise da Silveira e o Campo da Saúde Mental (1944-1952): contribuições, embates e transformações. Mnemosine (Rio de Janeiro), v. 5, p. 30-52, 2009.
Nise da Silveira - foto: (...)
MELO JUNIOR, Walter. Nise da Silveira: memória e ficção na obra de Graciliano Ramos. Advir (ASDUERJ), v. 19, p. 139-144, 2005.
MELO JUNIOR, Walter. Maceió é uma cidade mítica: o mito da origem em Nise da Silveira. Psicologia USP (Impresso), v. 18, p. 101-124, 2007. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MELO JUNIOR, Walter; FERREIRA, Ademir Pacelli.. Clínica, Pesquisa e Ensino: Nise da Silveira e as mutações na psiquiatria brasileira. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental (Impresso), v. 16, p. 555-569, 2013. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MELO JUNIOR, Walter; FERREIRA, Ademir Pacelli (orgs.).. A sabedoria que a gente não sabe. Coleção Arte & Saúde Mental 2. Rio de Janeiro: Espaço Artaud, 2011.
MELO JUNIOR, Walter; FERREIRA, Ademir Pacelli.. O Pioneirismo de Nise da Silveira e as Mutações no Campo da Saúde Mental. In: Vilhena, Junia; Winograd, Monah. (Org.). Psicanálise e Clínica Ampliada: multiverso. 1ª ed., Curitiba: Appris, 2014, v. , p. 10-22.
MELO JUNIOR, Walter; OLIVEIRA, W. S.. A Importância das Atividades Expressivas: A Experiência do Espaço de Atividades e Convivência Nise da Silveira. In: Deise Mancebo. (Org.). Práticas Psi em Debate / I Jornada Interna do SPA. 1ª ed., Rio de Janeiro: UERJ, NAPE, 1999, v. , p. 71-84.
MELO JUNIOR, Walter. O efeito dominó: a relação entre a obra de Nise da Silveira e a arte concreta no Brasil. in: MELO JUNIOR, Walter; FERREIRA, Ademir Pacelli. (Orgs.). A sabedoria que a gente não sabe. Rio de Janeiro: Espaço Artaud, 2011, p. 79-94. 
MELO JUNIOR, Walter. Nise da Silveira, Fernando Diniz e Leon Hirszman: política, sociedade e arte. Psicologia USP, São Paulo, vol. 21, nº 3, setembro 2010. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MELLO, Luiz Carlos (org). Nise da Silveira. Rio de Janeiro: Beco do Azougue, 2009.
MELLO, Luiz Carlos. Imagens do Inconsciente. Catálogo. Curitiba: Museu Oscar Niemeyer, 2005.
MELLO, Luiz Carlos. Nise da Silveira: caminhos de uma psiquiatra rebelde. Catálogo. Curitiba: Museu Oscar Niemeyer, 2009.
MELLO, Ramon. Bernardo Carneiro Horta: o arqueólogo de Nise. in: Portal Literal, 14 nov. 2008.
MODELLI, Laís. Nise da Silveira , a mulher que imprimiu um novo rumo à psiquiatria no Brasil. revista CULT, janeiro 2016. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MODELLI, Laís. Nise da Silveira: o cárcere e a tortura política. revista CULT, fevereiro 2016. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MODELLI, Laís. Nise da Silveira: a terapia ocupacional e o Museu do Inconsciente. revista CULT, fevereiro 2016. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MODELLI, Laís. Nise da Silveira: Jung, Freud e as mandalas. in: revista CULT, março de 2016. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MOTTA, Arnaldo Alves da.. Psicologia analítica no Brasil: contribuição para a sua história.  (Dissertação Mestrado em Psicologia Social). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC - SP, 2005. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
MOTTA, Arnaldo Alves da.. Nise da Silveira: 100 anos de emoções de lidar. Junguiana, 23 - p. 7-21, 2005.
MOTTA, Arnaldo Alves da.. Nise da Silveira, 100 anos de emoções de lidar. Junguiana, São Paulo, v. 23, p. 7-21, 2005.
MUSEU de Imagens do Inconsciente. in: Terapia Ocupacional, 9 de fevereiro de 2013. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
NISE da Silveira. in: Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, vol. 22, nº 1, março 2002. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
NISE da Silveira. Entrevistas e texto de Maria Ignez Duque Estrada. in: Canal Ciência Hoje. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
NISE da Silveira: vida e obra - catálogo de vídeos. Brasília: Ministério da Saúde - Subsecretaria de Assuntos Administrativos. Coordenação-geral de Documentação e Informação. Centro Cultural da Saúde, 2007.
NISE da Silveira: vida e obra - cartilha de monitoria. Brasília: Ministério da Saúde - Subsecretaria de Assuntos Administrativos. Coordenação-geral de Documentação e Informação. Centro Cultural da Saúde, 2007.
OLIVEIRA, Maria Antonia de. Criatividade e resiliência na vida de Nise da Silveira.  (Dissertação Mestrado em Psicologia). Pontifícia Universidade Católica de Campinas, PUC - Campinas, 2012. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
PEREIRA, Idelmar de Lima. Museu Imagens do Inconsciente e o Trabalho de Nise da Silveira. in: Zé Moleza, 24.5.2007. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).  
PEREIRA, William. Nise da Silveira. in: Mulheres que horam o rolê, 3 de maio de 2012. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
PSIQUIATRIA no Brasil-Nise da Silveira. Psique Especial Ciência & Vida, Ano III, 7, 2008.
POMPEU E SILVA, José Otávio Motta. A Arte da Terapia Ocupacional de Nise da Silveira. (Tese Doutorado em Artes). Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, 2011.
POMPEU E SILVA, José Otávio Motta. A psiquiatra e o artista: Nise da Silveira e Almir Mavignier encontram as Imagens do Inconsciente. (Dissertação Mestrado em Artes). Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, 2006.
POMPEU E SILVA, José Otávio Motta. Coleção Memória do Saber: Nise da Silveira. 1ª ed., Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, 2013. v. 14. 560p.
POMPEU E SILVA, José Otávio Motta. A Arte na Terapia Ocupacional de Nise da Silveira. In: José Otavio Pompeu e Silva. (Org.). Memória do Saber: Nise da Silveira. 1ª ed., Rio de Janeiro: Fundação Miguel de Cervantes/Biblioteca Nacional/CNPq, 2013, v. , p. 1-560.
POMPEU E SILVA, José Otávio Motta. Cartas Imaginárias. In: José Otavio Pompeu e Silva. (Org.). Memória do Saber: Nise da Silveira. 1ª ed., Rio de Janeiro: Fundação Miguel de Cervantes/Biblioteca Nacional/CNPq, 2013, v. , p. 500-510.
POMPEU E SILVA, José Otávio Motta. Nise, sua vida, sua obra.... Tempo Brasileiro, v. 179, p. 40-69, 2011.
POMPEU E SILVA, José Otávio Motta. O Lugar da Arte na Terapia de Nise. Jornal da Unicamp, Campinas, 25 abr. 2011.
Nise da Silveira e Carl Jung na exposição 'A Arte e
a Esquizofrenia' - foto: Arquivo CCMS|Saúde.gov.br
SALLES, Lucio Lauro Barrozo Massafferri.. Nise da Silveira, Filósofa da Alma. Ensaios Filosóficos, v. 10, p. 156-170, 2014.
SATO, Haroldo Tuyoshi. Enquadres clínicos diferenciados na reforma psiquiátrica. (Tese Doutorado em Psicologia Clínica). Universidade de São Paulo, USP, 2007. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
SCHLEDER, Karoline Stoltz; HOLANDA, Adriano Furtado. Nise da Silveira e o enfoque fenomenológico. Revista da Abordagem Gestáltica, vol. 21 nº 1 Goiânia jun. 2015. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
VENTURA, Zuenir.. Três viagens ao inconsciente. in: Jornal do Brasil, Caderno Ideias, 4 de outubro 1986. 
VERANI, Ana Carolina. O triste fim de Lima Barreto - Literatura, loucura e sociedade no Brasil da belle époque. (Dissertação Mestrado em História Social da Cultura). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, 2003.
VERANI, Ana Carolina. O trabalho renovador de Nise da Silveira: um recorte na história da psiquiatria no Brasil. (Monografia Graduação em História). Universidade Federal Fluminense, UFF, 1999.
VERANI, Ana Carolina. O trabalho renovador de Nise da Silveira:um recorte na história da psiquiatria no Brasil. in: JACÓ-VILELA, Ana Maria; CEREZZO, A.Carlos; RODRIGUES,Heliana. (Org.). Clio-Psyché-paradigmas:historiografia,psicologia,subjetividades. Rio de Janeiro: Relume-Dumará/ FAPERJ, 2003, v. 1, p. 159-164.
VILLAS BÔAS, Glaucia. A estética da conversão: O ateliê do Engenho de Dentro e a arte concreta carioca (1946-1951). Tempo Social - Revista de Sociologia da USP, v. 20, nº 2 - São Paulo, nov/2008. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).



"O mal está de tal modo solto, que não pode ser combatido com violência, mas sim com música e poesia."
- Nise da Silveira. 


"As imagens do inconsciente, objetivadas na pintura, tornavam-se passíveis de certa forma de trato, mesmo sem que houvesse nítida tomada de consciência de suas significações profundas. Lidando com elas, plasmando-as com suas próprias mãos, o doente as via, agora, menos apavorantes e, mais tarde, até inofensivas. Ficavam despojadas de suas fortes e desintegrantes cargas energéticas."
- Nise da Silveira, no livro "Terapêutica ocupacional: teoria e prática". Rio de Janeiro: Casa das Palmeiras, s/d., p.32.

Emygdio (6.6.1969) - in: 'O mundo das imagens'. Editora Ática, 1992.

“Um dos caminhos menos difíceis que encontrei para o acesso ao mundo interno do esquizofrênico foi dar-lhe oportunidade de desenhar, pintar ou modelar com toda a liberdade. Nas imagens assim configuradas temos autorretratos da situação psiquiátrica, imagens muitas vezes fragmentadas, extravagantes, mas que ficam aprisionadas no papel, na tela ou no barro. Podemos sempre voltar a estuda-las. Foi estudando-os e as imagens que configuravam, que aprendi a respeita-los como pessoas, e desaprendi muito do que havia aprendido na psiquiatria tradicional. Minha escola foram esses ateliês.” 
- Nise da Silveira, em “20 anos de Terapêutica Ocupacional em Engenho de Dentro". Revista Brasileira de Saúde Mental, vol. X, 1966.


Nise da Silveira - foto: (...)
FILMOGRAFIA SOBRE NISE DA SILVEIRA
Filme: Imagens do inconsciente: a barca do sol
"São três artistas. Três histórias de vida. Três casos clínicos". Uma trilogia em que o realizador procurou "uma linguagem cinematográfica que permitisse narrar os filmes a partir dos próprios trabalhos pintados pelos artistas", no serviço de terapia ocupacional e reabilitação criado em 1946 pela dra. Nise da Silveira, no Centro Psiquiátrico Pedro II. São pinturas, desenhos e modelagens que "expressam o mundo interior de três artistas", Fernando Diniz ("a pintura em luta constante contra o caos para recuperar o espaço cotidiano"), Adelina Gomes ("a pintura em luta para expulsar os fantasmas e recuperar a condição feminina") e Carlos Pertuis("a dolorosa busca da consciência da humanidade pelas lendas").
Direção: Leon Hirszman
Ano: 1983-1986
Duração: 205 min.
.
Posfácio – Imagens do Inconsciente
O filme é dividido em três episódios: Fernando Diniz - Em busca do espaço cotidiano; Adelina Gomes - No reino das mães; Carlos Pertuis - A barca do sol. O DVD acompanha ainda o extra Posfácio: entrevista com a dra. Nise da Silveira, realizada por Leon Hirszman - o material bruto não editado pelo cineasta torna-se agora filme em montagem de Eduardo Escorel.
Direção: Eduardo Escorel e Leon Hirszman (Brasil, 1986 -2014)
:: GOMES, Juliano. Posfácio – Imagens do Inconsciente, de Eduardo Escorel e Leon Hirszman (Brasil, 2014). in: Cinética - cinema e crítica, 1 de março de 2015. Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).
:: Loja IMS: DVD
Nise da Silveira - Posfácio: imagens do inconsciente


Filme: Nise – O coração da loucura
Sinopse: Ao voltar a trabalhar em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, após sair da prisão, a doutora Nise da Silveira (Gloria Pires) propõe uma nova forma de tratamento aos pacientes que sofrem da esquizofrenia, eliminando o eletrochoque e lobotomia. Seus colegas de trabalho discordam do seu meio de tratamento e a isolam, restando a ela assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma nova forma de lidar com os pacientes, através do amor e da arte.
Nise - o coração da loucura (Glória Pires) - direção Roberto Berliner
Gênero: Drama
Ano: 2015
Duração: 108 min.
Ficha técnica
Direção: Roberto Berliner
Roteiro: Flávia Castro, Mauricio Lissovsky, Maria Camargo e Chris Alcazar
Roteiro final: Patricia Andrade, Leonardo Rocha e Roberto Berliner
Direção de fotografia: André Horta
Trilha sonora original: Jaques Morelenbaum
Produtora: TV Zero
Elenco: Glória Pires, Simone Mazzer, Julio Adrião, Claudio Jaborandy, Fabrício Boliveira, Roney Villela, Flavio Bauraqui, Bernardo Marinho, Augusto Madeira, Felipe Rocha, Roberta Rodrigues, Georgiana Góes, Fernando Eiras, Charles Fricks e mais.
:: Ficha técnica completa: Acesse AQUI!


"Haverá doentes artistas e não artistas, assim como, entre os indivíduos que se mantêm dentro das imprecisas fronteiras da normalidade, só alguns possuem a força de criar formas dotadas do poder de suscitar emoções naqueles que as contemplam."
- Nise da Silveira, citado em "Nise da Silveira: uma psiquiatra rebelde", de Ferreira Gullar. Rio de Janeiro, Relume-Dumará, 1996, p. 96.


Nise da Silveira - foto: (...)

TRABALHO
Vídeo: A psiquiatra e o artista: Nise da Silveira e Almir Mavignier encontram as Imagens do Inconsciente
Video produzido para apresentação de mestrado no Instituto de Arte por José Otávio Pompeu e Silva
Orientação: Profª|Drª Lucia Reily
Trilha Sonora: Choro das Três (com permissão concedida na época)
Narração: Francine Albiero de Camargo
:: Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).


HOMENAGEM
Vídeo: Drª Nise da Silveira
Realização: Procurando Saber
:: Disponível no link. (acessado em 23.5.2016).


Emygdio de Barros e Fernando Diniz - Arquivo Atelier Lou Borghetti
O MUSEU VIVO DE ENGENHO DE DENTRO - NISE DA SILVEIRA
O Museu de Imagens do Inconsciente -MII, fundado em 1952 pela Drª Nise da Silveira na cidade do Rio de Janeiro, é um centro de estudos e pesquisa na área da saúde mental.
Unidade do Instituto Municipal de Assistência à Saúde Nise da Silveira, está organizado em 4 setores: Reserva Técnica; Ensino, Pesquisa e Divulgação; Administração; e Ateliês Terapêuticos.
Funcionamento
Aberto ao público de: 2ª a 6ª feira, das 9h às 16h30.
Bairro de Engenho de Dentro – Rio de Janeiro RJ
:: Saiba mais: Acesse AQUI!


"Empiricamente ficou evidente que o cão podia tornar-se um elo intermediário nas relações entre o terapeuta e o esquizofrênico. Com efeito, o cão sendo incondicional nos seus afetos apresenta-se como objeto estável por excelência para relacionamento. Além disso, transborda do calor que os materiais de trabalho não podem oferecer"
- Nise da Silveira, no livro "Terapêutica ocupacional: teoria e prática". Rio de Janeiro: Casa das Palmeiras, 1966, p. 52.

Nise da Silveira - foto: (...)
Seu trabalho e idéias inspiraram a criação de museus, centros culturais e instituições terapêuticas similares às que criou em diversos estados do Brasil e no exterior, por exemplo:

Brasil
:: Museu Bispo do Rosário, da Colônia Juliano Moreira - Rio de Janeiro RJ. 
:: Centro de Estudos Nise da Silveira - Juiz de Fora MG.
:: Espaço Nise da Silveira, do Núcleo de Atenção Psico-Social - Recife PE.
:: Núcleo de Atividades Expressivas Nise da Silveira, do Hospital Psiquiátrico São Pedro - Porto Alegre RGS.
:: Associação de Convivência Estudo e Pesquisa Nise da Silveira -  Salvador BA.

Exterior
:: Centro de Estudos Imagens do Inconsciente, da Universidade do Porto - Porto| Portugal.
:: Association Nise da Silveira - Images de L'Inconscient - Paris| França.
:: Museo Attivo delle Forme Inconsapevoli (hoje 'Museattivo Claudio Costa') - Genova| Itália.

O antigo "Centro Psiquiátrico Nacional" do Rio de Janeiro recebeu um sua homenagem o nome de "Instituto Municipal Nise da Silveira".


Obras de pintores - Acervo do Museu Imagens do Inconsciente

Soneto XIII 
Nise? Nise? onde estás? Aonde espera 
Achar-te uma alma, que por ti suspira, 
Se quanto a vista se dilata, e gira, 
Tanto mais de encontrar-te desespera! 

Ah se ao menos teu nome ouvir pudera 
Entre esta aura suave, que respira! 
Nise, cuido, que diz; mas é mentira. 
Nise, cuidei que ouvia; e tal não era. 

Grutas, troncos, penhascos da espessura, 
Se o meu bem, se a minha alma em vós se esconde, 
Mostrai, mostrai-me a sua formosura. 

Nem ao menos o eco me responde! 
Ah como é certa a minha desventura! 
Nise? Nise? onde estás? aonde? aonde? 
- Cláudio Manuel da Costa, em "Obras poéticas" (Sonetos). Tomo I. 1903.






Nise da Silveira - foto: (...)
OUTRAS REFERÊNCIAS E FONTES DE PESQUISA
:: Canal da Ciência
:: Casa das Palmeiras
:: CCMS - Saúde.gov.br
:: Memória da Loucura
:: Sindprev - AL


* Título: "homônimo" do livro de Ferreira Gullar (1996)

© Direitos reservados aos herdeiros

© Pesquisa, seleção e organização: Elfi Kürten Fenske

=== === ===

Trabalhos sobre o autor:
Caso, você tenha algum trabalho não citado e queira que ele seja incluído - exemplo: livro, tese, dissertação, ensaio, artigo - envie os dados para o nosso "e-mail de contato", para que possamos incluir as referências do seu trabalho nesta pagina. 



Como citar:
FENSKE, Elfi Kürten (pesquisa, seleção e organização). Nise da Silveira - uma psiquiatra rebelde. Templo Cultural Delfos, maio/2016. Disponível no link. (acessado em .../.../...).
____
** Página atualizada em 23.5.2016.



Licença de uso: O conteúdo deste site, vedado ao seu uso comercial, poderá ser reproduzido desde que citada a fonte, excetuando os casos especificados em contrário. 
Direitos Reservados © 2016 Templo Cultural Delfos

3 comentários:

  1. Que bálsamo para a alma conhecer tão maravilhosa figura! Obrigado, Templo Cultural Delfos, por me apresentá-la. Já tenho lido e relido, assistido e ouvido muitas histórias sobre essa alma iluminada, e quanto mais o faço mais apaixonado fico por ela. Com certeza a Dra. Nise da Silveira será mais uma das minhas inspirações na vida.

    ResponderExcluir
  2. Decisiva contribuição para a psiquiatria e psicologia.
    Detentora de um olhar acolhedor, Nise da Silveira, interpretou e decodificou a linguagem do inconsciente através das produções artísticas como resignificação da " loucura " sob níveis de uma melhoria das patologias até a alta hospitalar.
    Detentora de um humanismo sem igual, Nise nos encanta até hoje com sua memória e seus postulados de grande repercussão internacional.

    ResponderExcluir
  3. Encontrar esse blog foi algo maravilhoso. Obrigada! O trabalho dessa mulher é extraordinário.

    ResponderExcluir

Agradecemos a visita. Deixe seu comentário!