Julio Ludemir - construindo pontes e sonhos

Julio Ludemir - foto: André Mourão|Agência O Dia
Julio Bernardo Ludemir (escritor, roteirista, jornalista e produtor cultural) nasceu no Rio de Janeiro em 1960, mas foi criado em Olinda - Pernambuco. Entrou na faculdade de jornalismo, mas nunca concluiu o curso. Voltou para o Rio de Janeiro em 1979 e desde então não encontrou um lugar confortável nem nas praias nem nos botequins da cidade. Embora se sinta um pária na cidade, ama sua gente. Atualmente mora no morro da Babilônia, no Rio.
Possuí nove livros publicados, a maioria dos quais sobre a periferia do Rio de Janeiro e talvez o dobro guardados no 'hd'. É um dos roteiristas de '400 x um', filme baseado na autobiografia de William da Silva Lima, um dos criadores do Comando Vermelho. 
Coordenou o Jovem Repórter, projeto de comunicação da Secretaria Municipal de Cultura de Nova Iguaú que chegou a mobilizar 400 jovens da Baixada Fluminense.
É um dos criadores do espetáculo 'Batalha do passinho', em que jovens dançarinos do passinho foram pela primeira vez para um palco da cidade formal, que chegou a se apresentar no Lincoln Center de Nova York, no Ted Global do Rio de Janeiro, no encerramento das Olimpíadas de Londres e no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. É também um dos idealizadores, junto com Ecio Salles, da FLUPP, a Festa Literária das Periferias, ganhadora dos prêmios Faz diferença, do jornal 'O Globo' e do International Excellence Awards 2016, na categoria 'Festival literário', organizado pela London Book Fair (Feira do livro de Londres).

"Isso aqui é lugar com mil maneiras de morrer e uma apenas de viver."
- Julio Ludemir, em "Sorria, você está na Rocinha". Rio de Janeiro: Record, 2004.


Julio Ludemir - foto: Laura Marques
OBRA DE JULIO LUDEMIR
Narrativas
:: No coração do comando. Rio de Janeiro: Editora Record, 2002, 192p.
:: Lembrancinha do adeushistória[s] de um bandido.  São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2004. 
:: Sorria, você está na Rocinha. Rio de Janeiro: Record, 2004, 398p.
:: O bandido da chacrete: ascensão e queda de um fundador do comando vermelho. Rio de Janeiro: Editora Record, 2007, 462p.
:: Rim por rim: uma reportagem sobre o tráfico de órgãos. Rio de Janeiro: Editora Record, 2008, 308p.
:: Só por hoje. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2012, 156p.
:: Psico. [prefácio Luiz Eduardo Soares]. Rio de Janeiro: Editora Faces, 2012, 162p.

Histórico-cultural e social
:: 101 funks que você tem que ouvir antes de morrerPatrocínio: Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro. Coleção Tramas Urbanas, série 3 vol. 8. Rio de Janeiro: Aeroplano Editora, 2013, 265p. Disponível no link. (acessado em 20.4.2016).

Crônicas e estórias
:: Eu me chamo Rio. [organizadores e autores Julio Ludemir e Erico Salles]. Selo Flupp. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2015.
:: Rio 2065. [organizadores e autores Julio Ludemir e Ecio Salles]. Selo Flupp. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2016, 288p.

Infanto-juvenil
:: Mais um pai. Coleção diálogo Jr. Rio de Janeiro: Editora Scipione, 2005; 2ª ed., 2008; 3ª ed., 2011, 60p.

Organização e preparação
:: Pequena abelha [the other hand], de Chris Cleave. [preparação Julio Ludemir; tradução Maria Luiza Newlands]. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2011.

Alguns artigos, reportagens em jornais, revistas e sites
LUDEMIR, Julio. Diário da peste. Jornal do Brasil,  caderno B, Rio de Janeiro, 29 de março de 1987.
________ . Tragédia no 350. in: Jornal do Brasil - Outras Opiniões, p. A11, 8/12/2005. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
________ . Julio Ludemir: A política nas favelas. in: O Dia, 23 de maio de 2015. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).

Filmografia (participação)
:: 400 contra 1 - A história do Comando Vermelho
Sinopse: Um dos grandes articuladores do que se tornaria a facção criminosa Comando Vermelho, William da Silva Lima (Daniel de Oliveira), vai preso e mandado para o presídio de Ilha Grande, onde fica lado a lado com presos políticos. 
Julio Ludemir - foto:  (...)
No meio de assaltos e conflitos com a polícia, formou-se um elo de amizade que geravam dívidas, que fazia com que os companheiros foragidos retornassem a ilha para libertar seus amigos. Baseado no livro autobiográfico Quatrocentos contra um - A história do Comando Vermelho de William da Silva Lima.
Ano: 2010
Duração: 98 min.
Direção: Caco Souza
Roteiro: Victor Navas e Julio Ludemir
:: Disponível no link

Espetáculo música e dança
Espetáculo: Na batalha
Direção geral: Julio Ludemir* e Raul Fernando
Direção musical: DJ Sany Pitbull e DJ Grand Master Raphael
Coreografia: Lavínia Bizzotto e Rodrigo Vieira
Figurino e cenografia: Cássio Brasil e Nike
Músicas do espetáculo - compositores: Julio Ludemir, Vadinho Freitas e Praga (Thiago dos Santos).
Grupo: Companhia de Dança na Batalha**
Integrantes: Baratinha Mister Passista, CL Fabulloso, DG Fabulloso, FB Imperador da Dança, GN Fabulloso, Jackson Fantástico, Kinho Mister Passista, Leony Fabulloso, Marcelly Miss Passista, Michel Imperador da Dança, Nêgo, Sheick Imperador da Dança e Tay Imperatriz da Dança, todos jovens moradores de diferentes regiões do Rio, como a Cidade de Deus, Jacarezinho, Campo Grande e até Queimados, município da Baixada Fluminense.
Local: Teatro Municipal (Rio de Janeiro) - Série "Trajetórias", 29 de maio de 2015.
-----
* Idealizador e fundador do Na batalha do passinho
** Outras apresentações da Companhia (destaques):
:: Teatro Cacilda Becker (Rio de Janeiro) - 27 e 28 de junho de 2015.
:: Lincoln Center (Nova York - EUA), durante o festival Lincoln Center Out of Doors, 24 de julho de 2014.
:: Teatro João Caetano (Rio de Janeiro) em 14 de junho de 2014.
:: Jogos Paraolímpicos Londres 2012 (Inglaterra), na Cerimônia de encerramento, 9 de setembro de 2012.
- Fanpage Na Batalha. Acesse Aqui!

Exposições
Exposição: 'Raul Pompeia e Aluísio Azevedo — Educação e moradia na literatura'.
Sinopse: A mostra utiliza as principais obras dos dois autores, “O Cortiço” e “O Ateneu”, para falar sobre moradia e educação na cidade do Rio.
Curadoria: Julio Ludemir, Fernando Cavallieri e Ecio Salles
Idealização: Academia Brasileira de Letras (ABL), em parceria com a Feira Literária das UPPs (FLUPP) e e o Instituto Pereira Passos
Apoio: SuperVia
Local: Estação Bonsucesso do teleférico do Alemão (Complexo do Alemão - Rio de Janeiro)
Período: 22 de outubro/2013 a julho/2014
:: Fonte: Rio+Social



Julio Ludemir - foto: André Balocco/Agência O Dia
FORTUNA CRÍTICA DE JULIO LUDEMIR
AGUDO, Dudu Morro. Lançamento do livro do escritor Julio Ludemir. in: Enraizados, 21.7.2010. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
BIGIO, Susana Moreira de Lima. Velhice e marginalidade: a narrativa da experiência sucateada em Lembrancinha do Adeus, de Julio Ludemir. in: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 1, p. 33-46, 2006.
BIGIO, Susana Moreira de Lima. Velhice e marginalidade: a narrativa da experiência sucateada em Lembrancinha do Adeus, de Julio Ludemir.. In: X Congresso Internacional ABRALIC 2006 Lugares dos Discursos, Rio de Janeiro, 2006. 
BLOCH, Arnaldo. Júlio Ludemir: novas pontes para o futuro. in: O Globo, 9.6.2012. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
CAVALCANTI, Alcyr. É sexta de Carnaval: O ensaio é geral. Rio de Janeiro: Editora Frutos, 2012.
COHEN, Marina. 'É um novo momento para o funk', diz escritor Julio Ludemir. in: O Globo, 4.12.2013. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
CULTURA. Passinho sacode Theatro Municipal - Grupo criado há um ano com treze dançarinos leva suas vigorosas coreografias ao palco do teatro na série 'Trajetórias'. in: Cultura.rj.gov., 29.5.2015. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
FONSECA, Rodrigo. '400 contra 1' estreia cercado de cuidados para escapar da pirataria. in: O Globo - Cultura, 3.8.2010. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
FUSER, Bruno (org). Comunicação para a Cidadania: Caminhos e impasses. Rio de Janeiro: E-papers, 2008.  
GOMES, Kathleen. O que é que a favela tem? tem literatura, tem. in: Público.pt, 1.11.2015. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
IHU. A UPP não convence a juventude da periferia. Entrevista especial com Julio Ludemir. in: IHU - Instituto Humanitas Unisinos, 16 de dezembro de 2011. Disponível no link. (acessado em 20.4.2016).
MATTA, Anderson Luís Nunes. É tempo de pipa: a representação da infância em Cidade de Deus, de Paulo Lins, e Lembrancinha do Adeus, de Julio Ludemir. in: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 35, p. 155-170, 2009. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
MORISAWA, Mariane. Ping Pong / Julio Ludemir - Romeu e Julieta no presídio. in: Istoé Gente, 18.8.2002. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
NITAHARA, Akemi. Festival de dança traz o passinho das periferias para o Theatro Municipal. [edição Denise Griesinger]. in: EBC - Agência Brasil, 31.5.2015. Disponível no link. (acessado em 20.4.2016).
OLIVEIRA, Flávia; MIRANDA, André. Teatro Municipal recebe pela primeira vez espetáculo de passinho. in: O Globo, Cultura, 30.6.2015. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016). 
PECLY, Julio. Cidade de Deus Z.. Selo Flupp. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2015.
PLATAFORMA. Júlio Ludemir e Rogério Pereira: O que os jovens estão lendo?. (entrevista). in: Plataforma do Letramento. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
PORTAL Brasil. Festa Literária das Periferias recebe prêmio no Reino Unido. in: Brasil.gov, 15.4.2016. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
ROSA, Pedro Paulo. Julio Ludemir, a estética da coragem. [revisão Paulo Cappelli]. in: Blog O Hélio, 22.2.2012. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
SOARES, Luiz Eduardo. 'prefácio' ao romance Psico, de Julio Ludemir. in: site Luizeduardosoares. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).
SOARES, Luiz Eduardo. Justiça: Pensando alto sobre violência, crime e castigo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2011.
TORRES, Sérgio. Livro embaralha ficção e realidade para mostrar vida na Rocinha. in: Folha São Paulo, Ilustrada, 10.4.2004. Disponível no link. (acessado em 19.4.2016).


Julio Ludemir- foto: Gabi Nehring
FLUPP - A FESTA LITERÁRIA DAS PERIFERIAS
A FLUPP, desde sua primeira edição, em 2012, promove intercâmbios entre autores e leitores de diferentes partes do Brasil e do mundo. Em 2016, chega a sua 5ª edição. Idealizada por Julio Ludemir e Ecio Salles, a FLUPP foi criada para ser um espaço de formação de novos leitores e autores na periferia das grandes cidades brasileiras.
:: Site oficial da FLUPP. Acesse AQUI!
:: Fanpage da FLUPP. Acesse AQUI!

Casa da Palavra lançou o selo FLUPP
Em uma parceria inédita com a Festa Literária Internacional das Periferias (Flupp), a editora Casa da Palavra lançou o selo FLUPP. A proposta é apresentar aos leitores novos talentos de regiões periféricas das grandes cidades. 


“Todas as pessoas que estão aqui sabem quem sou eu. Aqui eu sou um vizinho. Não tenho sobrenome, não sou artista. Aqui eu sou o Julio.”
- Julio Ludemir, in: GOMES, Kathleen. O que é que a favela tem? tem literatura, tem. in: Público.pt, 1.11.2015. 



Julio Ludemir - foto: Fernando Carvalho
OUTRAS FONTES E REFERÊNCIAS DE PESQUISA
:: oasys cultural
:: flyingundertheradar
:: Academia Brasileira de Cinema



© Direitos reservados ao autor

© Pesquisa, seleção e organização: Elfi Kürten Fenske

=== === ===
Trabalhos sobre o autor:
Caso, você tenha algum trabalho não citado e queira que ele seja incluído - exemplo: livro, tese, dissertação, ensaio, artigo - envie os dados para o nosso "e-mail de contato", para que possamos incluir as referências do seu trabalho nesta pagina. 

Como citar:
FENSKE, Elfi Kürten (pesquisa, seleção e organização). Julio Ludemir - construindo pontes e sonhos. Templo Cultural Delfos, abril/2016. Disponível no link. (acessado em .../.../...).
____
** Página atualizada em 19.4.2016.



Licença de uso: O conteúdo deste site, vedado ao seu uso comercial, poderá ser reproduzido desde que citada a fonte, excetuando os casos especificados em contrário. 
Direitos Reservados © 2016 Templo Cultural Delfos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a visita. Deixe seu comentário!