Susanna Busato - a gaivota paulistana

Susanna Busato - foto: Pierre Duarte|Diário da Região
Susanna Busato, (poeta, ensaísta, professora), nascida em São Paulo, em 1961, autora do livro Corpos em cena, é uma gaivota paulistana. Filha dos anos 60, meio hippie nos anos 80, virou professora universitária nos anos 90 com a poesia na rota da vida. Durante os voos virou Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC/SP) e  Doutora em Letras (UNESP/São José do Rio Preto), onde fincou o bico como professora de Poesia Brasileira, e onde tem um grupo de estudos de poesia, o GEP/CNPq. Hoje se dedica a devorar nos lírios as serpentes que habitam seu corpo. Por isso traça roteiros pra tudo. Viaja dormindo, sonha acordada e realiza os desejos em voo rasante. Deixou seus rastros e pensamentos em várias revistas literárias e acadêmicas. Num dos voos, ganhou o Prêmio Mapa Cultural Paulista na fase estadual, Categoria Poesia, em 2010. O livro Corpos em cena integra a Coleção Patuscada, premiada com o ProAC - Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. O livro 'Corpos em cena' foi finalista do Prêmio Jabuti 2014.
:: Fonte: Editora Patuá (acessado em 22.3.2016).


Tarde inescrupulosa...
Teu olhar invade-me as coxas
Entre claves de sol e colcheias
- Susanna Busato, em "Corpos em cena". São Paulo: Patuá, 2013.


Susanna Busato - foto: Thomaz Vita Neto |Diário da Região

OBRA DE SUSANNA BUSATO
Poesia
:: Corpos em cena. Coleção Patuscada. 1ª ed. São Paulo: Patuá, 2013. v. 1. 96p.
Capa do livro Corpos em cena
:: Papel de riscos. Coleção Poesia Viva. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 2013.

Ensaios (organização)
:: Fragmentos do Contemporâneo: leituras. [organização Susanna Busato e Sérgio Vicente Motta]. 1ª ed., São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. v. 1. 176p. Disponível no link e link. (acessado em 22.3.2016).
:: Literatura e representações do eu - Impressões autobiográficas. [organização Susanna Busato; Cláudia Maria Ceneviva Nigro; Orlando Nunes de Amorim]. 1ª ed., São Paulo: Editora UNESP, 2010. v. 1. 146p.
:: Figurações contemporâneas do espaço na literatura. [organização Susanna Busato e Sérgio Vicente Motta]. 1ª ed., São Paulo: Cultura Acadêmica / Editora da UNESP, 2010. v. 1. 133p. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).

Tese e dissertação
BUSATO, Susanna. Da representação à imagem: a composição do signo em Oswald de AndradeDa representação à imagem: a composição do signo em Oswald de Andrade. (Tese Doutorado Doutorado em Letras). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, 1999.
________ . A rearticulação da linguagem na poesia satírica de Gregório de Matos. (Dissertação Mestrado em Comunicação e Semiótica). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, 1991.

Ensaios e artigos - capítulos de livros publicados
Susanna Busato - foto: arquivo da autora
BUSATO, Susanna. Poesia em trânsito: rotas e endereços do labirinto do poema contemporâneo. In: Sérgio Vicente Motta; Susanna Busato. (Org.). Fragmentos do Contemporâneo: leituras. 1ª ed., São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010, v. 1, p. 13-47.
__________ . A consciência do zero como a lógica da razão antropofágica da poesia brasileira. In: BUSATO, Susanna; MOTTA, Sérgio Vicente.. (Org.). Figurações Contemporâneas do Espaço na Literatura. 1ª ed., São Paulo: Cultura Acadêmica / Editora da UNESP, 2010, v. 1, p. 3-17.
__________ . A memória do sujeito e a memória da linguagem: redes textuais. In: AMORIM, Orlando Nunes de. NIGRO, Cláudia Maria Ceneviva; BUSATO, Susanna.. (Org.). Literatura e representações do eu: impressões autobiográficas. 1ª ed., São Paulo: Editora da UNESP, 2010, v. 1, p. 29-42.
__________ .; NIGRO, Cláudia Maria Ceneviva. Literatura e Letramento: a terminologia da aprendizagem. In: Maria Antônia Granville. (Org.). Sala de Aula: ensino e aprendizagem. 1ª ed., Campinas: Papirus, 2008, v. , p. 35-48.
__________ . A Terra, a Tela e a Leitura. In: Pinho, Sheila Zambello de; Saglietti, José Roberto Corrêa. (Org.). Livro Eletrônico dos Núcleos de Ensino da UNESP. São Paulo: Cultura Acadêmica Editora, 2008, v., p. 922-956.

Artigos e ensaios em revistas, jornais, sites literários e periódicos
BUSATO, Susanna. A lírica do olhar na poesia de Guilherme de Almeida. Revista Re-Produção, v. 1, p. 1-5, 2015. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . O espaço urbano como construção poética do sujeito. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, v. 45, p. 65-83, 2015. Disponível no link e link. (acessado em 22.3.2016).
__________ .; SANTOS, Suzel Domini dos.. René Magritte e Manoel de Barros: intersecções entre pintura e poesia.. Guavira Letras, v. 1, p. 380-396, 2015.
__________ . Nós, nas tramas da poesia. Todas as Musas: Revista de Literatura e das Múltiplas Linguagens da Arte (Online), v. 1, p. 2-14, 2015. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . João Miramar e as dobras do texto. Fronteiraz (São Paulo), v. 12, p. 3-16, 2014. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . A construção da natureza no trajeto modernista de Meu, de Guilherme de Almeida. Revista Re-Produção, v. 1, p. 1-4, 2014. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . A cidade e a vertigem: a poesia de Roberto Piva. Celuzlose - Revista Literária, v. 1, p. 30-38, 2013.
__________ . Jean-Pierre Lemaire: poesia em suspensão. Texto Poético, v. 15, p. 157-165, 2013.
__________ . A Recusa do Fácil na como experiência estética na poesia de Frederico Barbosa. Fronteiraz (São Paulo), v. 9, p. 127-139, 2012.
__________ . Uma poesia toda nua. Zunái: Revista de Poesia & Debates, v. 6, p. 1-1, 2011. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . Uma arquitextura do caos. Zunái: Revista de Poesia & Debates, v. 4, p. 1-1, 2011.
__________ . O labirinto dificultoso da poesia de Frederico Barbosa. CASA (Araraquara), v. 9, p. 1-15, 2011.
__________ . Leitura de uma anatomia: poesia brasileira contemporânea e os ossos do ofício. Eutomia (Recife), v. 8, p. 1-1, 2011. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . Como tatear o silêncio. Germina Revista de Literatura e Arte, Belo Horizonte - MG, p. 1 - 1, 11 nov. 2011. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . A negação e a recusa como traços da poética contemporânea de Frederico Barbosa. In: Anais do XIII Simpósio de Letras e Linguística e I Simpósio Internacional de Letras e Linguística. Uberlândia, 2011. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . A recusa do fácil como experiência estética na poesia de Frederico Barbosa. Fronteiraz (São Paulo), v. 5, p. 1-12, 2010.
__________ . Entre o cinema e a poesia, a memória e a imagem. Espéculo (Madrid), v. 44, p. 1-12, 2010. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).

Susanna Busato - foto: arquivo da autora
__________ . Fotografar palavras, escrever paisagens: a poesia de Virna Teixeira. Germina Literatura, São Paulo, jun. 2010. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . Sob os poros da poesia: um roteiro de leitura. Zunái: Revista de Poesia & Debates, v. IV, p. 1-5, 2009.
__________ . Como é possível avaliar a qualidade de um poema?. Zunái: Revista de Poesia & Debates, v. XIX, p. 1/dezembro de 2-1, 2009.
__________ . Papel de Riscos. Zunái: Revista de Poesia & Debates, v. XIX, p. 1/dezembro de 2-1, 2009. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
__________ . As vozes discursivas na linguagem de Memórias sentimentais de João Miramar, de Oswald de Andrade. Revista Olho d'água, v. 1, p. 3/-15, 2009.
__________ . A Terra, a Tela e a Letra. Aletria (UFMG), v. 14, p. 198-210, 2006.
__________ . O signo Oswaldiano: entre o espaço e o tempo. Revista Alea, Rio de Janeiro - RJ, v. 4, n.2, 2002.
__________ . Oswald e Eisenstein. Aletria Revista de Estudos de Literatura, Belo Horizonte - MG, v. 8, p. 243-251, 2001.
__________ .; NIGRO, C. M. C.; GRANVILLE, M. A.. Metodologia da Leitura: uma proposta para um trabalho com textos literários infantis na escola pública. Revista Panorâmica, Pontal do Araguaia - MT, v. 5, 2001.
__________ . Sob os caninos de Oswald. Revista de Letras (São Paulo), Assis - SP, 2000.


Susanna Busato - foto: Pierre Duarte|Diário da Região
POEMAS SELECIONADOS DE SUSANNA BUSATO

A cidade desejante 
As lojas estão fechadas
Os passos sumiram das escadas
Os carros desalojaram as ruas
Não se respira no caule das torres envidraçadas

(A poesia pura
perpendicula
nos varais e fios de alta tensão
A poesia grita
na pausa dos postes
sussurra 
ouvido colado ao chão )

Corpos desejantes na cidade muda
assistem à lenta morte como um arrebol.
Emulam a gama de gritos e cores
como se deles fossem
as gargantas decepadas dos dias.

A cidade grafita encena 
nos muros 
seu desejo de fêmea:
que a última
foda venha
queira 
seja 
a posse do 
poema.
- Susanna Busato, em "e-book". projeto Escribas do Breu. Rio Preto: SESC.

§

À paisana
Eles eram muitos. Eles eram fortes. Eles eram belos. 
Carregavam na ponta do fuzil das línguas a morte. 
Guardavam balas na boca e cuspiam
sonhos que afogavam na terra 
com uma pisada de pé 
sujo de terra. 
Era para reprimir a vida, diziam. Para a dispersão do mundo. Para a mordaz vingança. Engatilhavam a foice negra do tempo real como uma arma serena. 
Eles eram o inferno. Eles eram o centro. Eles eram 
o seu próprio intento. 
Sua astúcia e repúdio: lance de guerra. 
Contra si mesmos os dados 
rolavam dos copos. 

Aquilo bulia
aquilatava
aqui lá 
aquilo

calava.
- Susanna Busato, em "e-book". projeto Escribas do Breu. Rio Preto: SESC.

§


Susanna Busato - foto: arquivo da autora
horizonte de espelhos
colunas e conchas
água clara
seios
no chão as curvas
de um sol navegam
sua ilha
clitoriana gruta
horizonte de espelhos
superfície ao reverso
- Susanna Busato, em "Corpos em cena". São Paulo: Patuá, 2013.

§

Ícaro do asfalto
se tudo ainda é pouco
se tudo ainda é lento
se tudo quanto calo raro arrebento

se tudo é partida golpe buzina
se tudo é café com pão ao meio-dia
se tudo o mais é filé com aspirina

na poça d’água do meio-fio
eu ao meio partida ouso

o impossível:

um fio de futuro na janela
entre o pôr do sol e a lua
esgarça a fina camada do dia

(e isso ainda é pouco
o mais ainda me alucina)

no vidro fosco da janela
o sorriso de Ariadne me vigia
nas suas níveas mãos a noite
e nas minhas
às minhas
expensas
apenas 
ases e copas
asas de janela
e o sol
- Susanna Busato, em "e-book". projeto Escribas do Breu. Rio Preto: SESC.

§

Nascimento do olhar
O pôr do sol avermelha o horizonte.
O sol se põe no vermelho do horizonte.
O vermelho se horizontaliza no sol.
O pôr do sol orienta o vermelho.
O horizonte deposita vermelhos no sol.
Um sol se põe na vermelhitude ortogonal do horizonte.
Um horizonte avermelha ao sol.
Em decúbito dorsal o sol do sol 
avermelha.
Horizontalizam vermelhos de sol.
Solarizam rubros horizontes vergéis.
Vertem vermelhos espelhos de sol.
Horrorizontes vesgos vergam-se ao sol.
Horrorizontes velhos vertem vespas de sol.
Horrorizontes vermelhizam sendas de sol.
Vertem rubros vergéis em horizontes de fel ao sol.
Um pôr de sol depõe contra o horizonte.
Vermelhorror: o sol se consome.
- Susanna Busato. (inédito). publicado no portal vermelho.

§

olho da noite
olho da noite
comboio de sombra
pestana de tempo
mira-me agora
carrega-me onda
sossega este medo
- Susanna Busato, em "Corpos em cena". São Paulo: Patuá, 2013.

§
Ilustração capa do livro "Corpos em cena".

Oralidades
Entre os lábios
inchados
a língua devora
o grito

oralidades
à luz
das grutas

estalactites
roçando

as curvas
na sua boca
todas

surtam
- Susanna Busato, em "Corpos em cena". São Paulo: Patuá, 2013.

§

Ostra
Estronda da rocha o grito
de dentro da bronha o grave.
(A renga roga tua mão)
A cada volta o falo aéreo e honesto
se embrenha. Alcança célere o reto
objeto a sorte. Encontra
na cona o cume. 
Ronda e arreganha a que antes era
incerta e agora
bem correta

pérola.
- Susanna Busato (inédito). publicado no portal vermelho.

§

saudade digital
minha saudade
me sacode
e se vira
por dentro
como um dedo
cutucando o centro
metendo o acorde
entre dois tempos
- Susanna Busato, em "Corpos em cena". São Paulo: Patuá, 2013.

§

Traçado no tapete
Atrás
a lã se alinha
atrai e lança
(traço em lua)
a linha tensa.

Atrai e lança
a nua lã
a sua lança
em minhas flores
suas sendas.

Atrai e traça
atrás e trança
avança e tece
a lã a lança.
E transa enlaça
a linha e caça
no arco a nua
de minha pura

renda a dança.
- Susanna Busato, em "Corpos em cena". São Paulo: Patuá, 2013.

Susanna Busato - foto: arquivo da autora
FORTUNA CRÍTICA DE SUSANNA BUSATO
DESENREDOS. Seis poemas de Susanna Busato. revista dEsEnrEdoS, ano III - número 11 - teresina - piauí - outubro novembro dezembro de 2011. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
MUSCAVELE, Amosse. (coord). A arqueologia da palvra e a anatomia da língua - antologia poética. Maputo|Angola: Editora Revista Literatas; Revista de Literatura Moçambicana e Lusófona; CIEDIMA, SARL, 2013. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
RIBEIRO NETO, Amador. Poesia do corpo. in: jornal Contraponto, de João Pessoa-PB, Caderno B, coluna “Augusta Poesia“, dia 09.05.2014, p. B-7 | reproduzido 'Zona da Palavra', Disponível no link. e link. (acessado em 22.3.2016).
SUSANNA Busato. in: D'versos afins, maio de 2015. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
VERMELHO. A poesia de Susanna Busato. Portal Vermelho, 20 novembro de 2015. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).
ZANCHI, Jandira. Corpos em Cena, de Susanna Busato. in: Mallamagens - revista de poesia e arte contemporânea, vol. 3, nº 1 - 3 maio de 2014. Disponível no link. (acessado em 22.3.2016).



Susanna Busato - foto: arquivo da autora
SITE DA AUTORA 'PAPEL DE RISCOS'
:: Acesse AQUI!



OUTRAS FONTES E REFERÊNCIAS DE PESQUISA
:: Rubens Jardim - As mulheres poetas na literatura brasileira (20)

© Direitos reservados ao autor

© Pesquisa, seleção e organização: Elfi Kürten Fenske

=== === ===

Trabalhos sobre o autor:
Caso, você tenha algum trabalho não citado e queira que ele seja incluído - exemplo: livro, tese, dissertação, ensaio, artigo - envie os dados para o nosso "e-mail de contato", para que possamos incluir as referências do seu trabalho nesta pagina. 


Como citar:
FENSKE, Elfi Kürten (pesquisa, seleção e organização). Susanna Busato - a gaivota paulistana. Templo Cultural Delfos, março/2016. Disponível no link. (acessado em .../.../...).
____
** Página atualizada em 22.3.2016.



Licença de uso: O conteúdo deste site, vedado ao seu uso comercial, poderá ser reproduzido desde que citada a fonte, excetuando os casos especificados em contrário. 
Direitos Reservados © 2016 Templo Cultural Delfos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a visita. Deixe seu comentário!