Walter Firmo - o mestre da fotografia

Walter Firmo - © foto: Duda Firmo
"A função de uma fotografia é sobretudo educar, levando ao espectador algo novo: O ato de ver uma fotografia será sempre o do conhecimento."
- Walter Firmo


"Este sonho só acabará no dia da minha morte porque ela é o melhor residual da minha vida." 
- Walter Firmo

Walter Firmo Guimarães da Silva (Rio de Janeiro RJ, 1 de  junho de 1937). Fotógrafo, jornalista e professor. Autodidata, inicia sua carreira como repórter fotográfico no jornal Última Hora, no Rio de Janeiro, em 1957. Em seguida, trabalha no Jornal do Brasil e integra a primeira equipe da revista Realidade, lançada em 1965. Conquista o Prêmio Esso de Reportagem, em 1963, com a matéria Cem Dias na Amazônia de Ninguém. Como correspondente da Editora Bloch, em 1967, permanece por seis meses em Nova York. A partir de 1971, atua na área de publicidade, sobretudo para a indústria fonográfica. Nessa época, conhecido por suas fotos coloridas e por retratar importantes cantores da música popular brasileira, inicia pesquisas sobre festas populares e folclore nacional. Entre 1973 e 1982, é premiado sete vezes no Concurso Internacional de Fotografia da Nikon. Fotografa para as revistas Veja e IstoÉ e, nos anos 1980, começa a expor seus trabalhos em galerias e museus. De 1986 a 1991, é diretor do Instituto Nacional de Fotografia da Fundação Nacional de Arte - Funarte. Em 1994, leciona no curso de jornalismo da Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, e, desde então, coordena oficinas em todo o Brasil. Ganha a Bolsa de Artes do Banco Icatu, em 1998, com a qual vive durante meio ano em Paris. No fim da década de 1990, torna-se editor de fotografia da revista Caros Amigos. Entre seus livros, destacam-se Walter Firmo - Antologia Fotográfica, 1989, Paris, Parada Sobre Imagens, 2001, Rio de Janeiro Cores e Sentimentos, 2002, e Firmo, 2005.

Comentário Crítico
Walter Firmo - © foto (...)
O tema principal das fotos de Walter Firmo é a figura humana. Revela particular interesse pelos costumes e festas populares brasileiras, realizando ampla documentação fotográfica, na qual se destaca aquela sobre o carnaval do Rio de Janeiro. Produz imagens marcantes como aquelas de integrantes de escolas de samba viajando em um trem de subúrbio, até o local dos desfiles, salientando o contraste entre a alegria da festa e o duro cotidiano da população menos favorecida. Já na série Festa do Maracatu-Rural, 1997, retrata a população em trajes típicos, em meio a paisagens de grande luminosidade.
Ao longo de sua produção destacam-se também os retratos de músicos brasileiros, como os de Clementina de Jesus (1902 - 1987), Cartola (1908 - 1980) e Pixinguinha (1897 - 1973). É o fotógrafo que se destaca pela exploração sensível da cor e da luz, mantendo diálogo com a pintura.
:: Fonte: Enciclopédia Itaú Cultural. (acessado em 25.12.2015).


"A fotografia é o ar que eu respiro."
- Walter Firmo


Walter Firmo - © foto: Milton Montenegro
PRÊMIOS
:: Prêmio Esso de Reportagem, por Cem dias na Amazônia de ninguém (1963);
:: Prêmio Internacional de Fotografia Nikon, na categoria cor (1973, 1974, 1978 e 1980);
:: Prêmio Internacional de Fotografia Nikon, na categoria preto-e-branco (1975);
:: Concurso Internacional de Fotografia Nikon (três prêmios), categorias cor e preto-e-branco (1976);
:: Prêmio Golfinho de Ouro concedido pelo governo do Estado do Rio de Janeiro (1985);
:: Prêmio Icatu (1998);
:: Prêmio Buriqui, concedido pelo Revela Bertioga SP 2013).


“A fotografia me encanta, é a minha sedução de vida e a forma de comunicar que me faz feliz.”
- Walter Firmo

PUBLICAÇÕES DE WALTER FIRMO
Livros
:: Walter Firmo: antologia fotográficaRio de Janeiro: Dazibao/Ágil, 1989.
Walter Firmo - © foto (...)
:: Nas trilhas do Rosa: uma viagem pelos caminhos do Grande Sertão: Veredas, [texto: Fernando Granato e fotos: Walter Firmo]. São Paulo: Scritta, 1995.
:: Paris: paradas sobre imagensRio de Janeiro: Ministério da Cultura/Funarte, 2001.
:: Rio de Janeiro, cores e sentimentos. Rio de Janeiro: Editora Escrituras, 2002.
:: Firmo. Rio de Janeiro: Bem-Te-Vi, 2005.
:: Brasil: imagens da terra e do povo. [organização Emanoel Araújo]. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008.
:: Walter Firmo: um olhar sobre o Bispo do Rosário. Rio de Janeiro: Nau, 2013.

Participação em livros [com fotografias]
:: Música Popular do Brasil. [edição de Beatriz Borges]. 1990.
:: Amazônia luz e reflexão. [organização Angela Magalhâes e José Carlos Martins]. Rio de Janeiro: Funarte, 1995.
:: Brasil bom de bola. [organização Ed Viggiani]. Rio de Janeiro: Editora Tempo d'imagem, 1998.
:: Mangueira, a nação verde e rosa. [organização Célia de Assis]. Rio de Janeiro: Editora Prêmio Editorial, 1998.
:: Rua larga. [Walter Firmo, Custódio Coimbra, Henrique Pontual, Mabel Feres e Rogério Reis]. Rio de Janeiro: Editora Documenta Histórica, 2009.
:: Álbum de Retratos: volume imagem - Walter Firmo, Lan, Cacá Diegues. Rio de Janeiro: Editora Memória Visual, 2014.

“Primeiro, eu sou um fotógrafo negro, tenho que fotografar o meu povo, a minha aldeia e ao olhar os meus livros você vai ver negros bonitos, fortes, trabalhadores, poetas, grupos folclóricos, religiosos; essa é a minha cultura. Até porque, esse país foi forjado por eles e sem nós negros o Brasil não teria essa alegria”
- Walter Firmo

Walter Firmo - © foto: Leopoldo Plentz
EXPOSIÇÕES DE WALTER FIRMO
INDIVIDUAL

:: Ensaio no Tempo 
Ano: 1983
Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM (Rio de Janeiro RJ)

:: Ensaio no Tempo 
Ano: 1984
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - MASP (São Paulo SP)

:: Ensaio no Tempo 
Ano: 1984
Universidade Federal do Ceará (Fortaleza CE)

:: Ensaio no Tempo 
Ano: 1985
Curitiba, PR

:: Ensaio no Tempo 
Ano: 1985
Havana, Cuba

:: Ensaio no Tempo 
Ano: 1985
Cabo Verde - África

:: New York, Nova Iorque
Ano: 1989
Galeria Cândido Mendes (Rio de Janeiro RJ)

:: Brasil e nossa gente (cor)
Ano: 1991
Durante a I Feira de Produtos Brasileiros, em Moscou - Rússia.

:: Ribeiros Amazônicos (cor)
Ano: 1993
Belém PA

:: Graciliano Ramos
Ano: 1993
Casa de Rui Barbosa (Recife PE)

:: Achados e perdidos
Ano: 1994
Galeria Cândido Mendes (Rio de Janeiro RJ)

:: Ribeiros Amazônicos (cor)
Ano: 1993
Estação Botafogo (Rio de Janeiro RJ)

:: Morte e vida segundo Walter Firmo (preto-e-branco)
Ano: 1994
Centro Cultural da Light (Rio de Janeiro RJ)

:: Ribeiros Amazônicos (cor)
Ano: 1995
Centro Cultural Unibanco (São Paulo SP)

:: Nas trilhas do Rosa (preto-e-branco)
Ano: 1996
Centro Cultural Unibanco (São Paulo SP)

:: Os sertões de Guimarães Rosas e Euclides da Cunha (preto-e-branco)
Ano: 1996
Instituto Goethe (São Paulo SP)
© foto: Walter Firmo

:: O Brasil de Walter Firmo (cor)
Ano: 1997
Galeria Arte Hoje (Rio de Janeiro RJ)

:: Pixinguinha e outros batutas
Ano: 1997
Pinacoteca do Estado (São Paulo SP)

:: Parisgris - un oeil, deux regards
Ano: 1999
Paris - França

:: Inéditos de Walter Firmo
Ano: 2000
Galeria Câmara Clara (RJ)

:: Paris, parada sobre imagens
Ano: 2000
Galeria Debret, na Embaixada Brasileira em Paris - França

:: Paris, parada sobre imagens
Ano: 2001
Rio de Janeiro e São Paulo

:: Paris, parada sobre imagens
Ano: 2002
Brasília, Belém e Vitória.

:: Um passeio pela nobreza (sobre vários artistas da música popular brasileira, como Pixinguinha, Cartola, Paulinho da Viola, Chico Buarque e Clementina de Jesus) .. [curadoria de Mário Cohen]
Ano: 2003
Pequena Galeria 18 (Rio de Janeiro RJ)

:: Walter Firmo em Preto e Branco
Ano: 2010
Fundação Cultural Badesc (Florianópolis SC)

:: Sem Nomes, do fotógrafo brasileiro Walter Firmo  
Ano: 2010
Galeria dos Arcos da Usina do Gasômetro (Porto Alegre RS)

:: Walter Firmo em Preto e Branco [curadoria do fotógrafo Milton Montenegro]
Ano: 2010
Oi Futuro Ipanema (Rio de Janeiro RJ)

:: Véus, de Walter Firmo
Ano: 2011
Ateliê da Imagem (Rio de Janeiro RJ)

:: Walter Firmo: um fotógrafo negro 
Ano: 2011/2012
Museu Municipal (Barueri SP)

:: Walter Firmo: um fotógrafo negro
Ano: 2012
Museu Histórico e Pedagógico Marechal Cândido Rondon (Araçatuba SP)

:: Walter Firmo: Luz em corpo e alma [curador Egberto Nogueira]
Ano: 2012
Ímã Galeria (São Paulo SP)

::  Walter Firmo: um olhar sobre o Bispo do Rosário
Ano: 2013
Caixa Cultural (Rio de Janeiro RJ)

:: O lugar do outro, de Walter Firmo
Ano: 2013
Projeto 'A Cor da Cultura'. 
Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Maranhão, Pará e Goiás

:: Luz em Corpo e Alma, de Walter Firmo
Ano: 2013
Centro Cultural Banco do Brasil (Brasília DF)



Walter Firmo - © foto (...)
EXPOSIÇÕES COLETIVAS
:: Fotógrafos do Jornal do Brasil
Ano: 1962
Aeroporto Santos Dumont (Rio de Janeiro RJ)

:: Bienal Nacional 76
Ano: 1976
Fundação Bienal (São Paulo SP)

:: 1ª Mostra de Fotografia
Ano: 1979
Funarte (Rio de Janeiro RJ)

:: Tempo de Olhar: panorama da fotografia brasileira atual
Ano: 1983 
Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro RJ)

:: I Quadrienal de Fotografia
Ano: 1985
Museu de Arte Moderna de São Paulo (São Paulo SP)

:: Rio de Janeiro: retratos da cidade 1840/1992
Ano: 1992
Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro

:: Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung
Ano: 1992
Kunsthaus Zürich, Zurique - Alemanha

:: O negro brasileiro
Ano: 1994
Universidade de Miami - EUA

:: Ruas do Rio de Janeiro [com Augusto Malta]
Ano: 1995
Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro RJ)

:: Brasil mostra a tua cara - na 1ª Bienal Internacional de Fotografia 
Ano: 1996
Memorial Curitiba (Curitiba PR)

:: Cuba libre (preto-e-branco) .. [com Angela Magalhães]
Ano: 1997
Galeria Observatório Arte Fotográfica (Recife PE)

:: Sagrado Coração (preto-e-branco)
Ano: 1999
PUC-Rio ( Rio de Janeiro RJ)

:: Brasilianische Fotografie 1949 bis 1998
Ano: 1999
Kunstmuseum Wolfsburg, Wolfsburg, Alemanha

:: Visões e Alumbramentos: fotografia contemporânea brasileira da coleção Joaquim Paiva
Ano: 2002 
Oca – Parque do Ibirapuera (São Paulo SP)

:: Negras memórias, memórias de negros - O imaginário luso-afro-brasileiro e herança da escravidão [organização Emanoel Araújo]
Ano: 2003
Galeria de Arte do Sesi (São Paulo SP)


Curador
:: Salão Finep de Fotofornalismo (1995, 1996.1997 e 1998);
:: Módulo de Fotografia Contemporânea Negro de Corpo e Alma [curador], na Exposição do Redescobrimento Brasil + 500 anos, no Parque Ibirapuera (SP), 2000.


WALTER FIRMO E A MÚSICA POPULAR BRASILEIRA
Antônio Carlos Jobim - © foto: Walter Firmo

Ismael Silva  (anos 1970) - © foto Walter Firmo

Cartola e Nelson Cavaquinho - © foto: Walter Firmo

Paulinho da Viola, Élton Medeiros, o compositor e arranjador Cristovão Bastos e o jornalista
Sergio Cabral. Fotografia registrada na casa do flautista Copinha - 
© foto: Walter Firmo

Pixinguinha [Alfredo Rocha Vianna Filho] - © foto: Walter Firmo

Pixinguinha [Alfredo Rocha Vianna Filho] - © foto: Walter Firmo

Clementina de Jesus - foto: Walter Firmo, 1979

Gal, Gil, Bethânia e Caetano na época em que formaram o grupo
'Doces Bárbaros'. Brasil, 1976 - foto: Walter Firmo - Abril
[fonte: imagesvisions]

Dona Zica e Cartola - © foto: Walter Firmo

Clementina de Jesus - © foto: Walter Firmo, 1979.

“O homem interiorano, a paisagem e a vida rude sempre me entusiasmaram em marcá-los em preto-e-branco. Aliás, tenho a certeza de que o que emite um País, que o transfigura, que lhe dá a força motriz é o que emana do seu centro. Todo País se faz do centro para sua periferia. É ali que se traduz o magma de uma nação, é ali que se alicerça seu caráter.”
- Walter Firmo


WALTER FIRMO E O PRETO E BRANCO


© foto: Walter Firmo

Sertão - © foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo


© foto: Walter Firmo


© foto: Walter Firmo [acervo Museu Afro Brasil]


Cuba - © foto: Walter Firmo

"Sou um Drácula da cor, me embriago fácil com o gosto farto das cores, seja na ilusão do púrpura, na santificação de um azul cobalto ou na paixão de um vermelho."
- Walter Firmo


WALTER FIRMO E AS CORES

© foto: Walter Firmo

Caravelas, Bahia - © foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo
Arthur Bispo do Rosário - © foto: Walter Firmo

© foto: Walter Firmo

Bordadeiras, foto:Walter Firmo, 1979 [Coleção Pirelli - MASP de Fotografia]

© foto: Walter Firmo

“Se tivéssemos que fazer uma síntese da fotografia brasileira e atribuir-lhe um nome, ela se chamaria Walter Firmo. Nenhum outro fotógrafo é capaz de usar a luz tropical para retratar o país e sua gente com resultados tão plásticos e poéticos.”
- Milton Montenegro (fotógrafo).

Walter Firmo - © foto: Carlos Delagusta
FORTUNA CRÍTICA DE WALTER FIRMO
BRIL, Stefania. Imagens que induzem à reflexão. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 4 nov. 1984. p. 30.
CARBONCINI, Anna (coord.). Coleção Pirelli/MASP de Fotografias: v. 1. Texto Boris Kossoy; versão em inglês Kevin M. Benson Mundy. São Paulo: MASP, 1991. 80 p., il. p&b. color.
CARBONCINI, Anna (coord.). Coleção Pirelli/MASP de Fotografias: v. 5. Texto Mario Cohen; versão em inglês Kevin M. Benson Mundy. São Paulo: MASP, 1995. 80 p., il. p&b. color.
COLEÇÃO PIRELLI. Walter Firmo. Coleção Pirelli/Masp de Fotografia. Disponível no link. (acessado em 26.12.2015).
CUNHA, Cláudio. "O escafandro só dá para um". in: Revista Encontro, 28.3.2014. Disponível no link. (acessado em 26.12.2015).
DUCLÓS, Nei. Walter Firmo: A aventura do Olhar. in: Consciencia, 13 de maio de 2005. Disponível no link. (acessado em 29.1.2016).
ENTREVISTA. Walter Firmo. Portal do MEC. Disponível no link. (acessado em 25.12.2015).
FALCIONE, Gabriel. Walter Firmo, o fotógrafo que retratou a alma do Brasil. Guia do Estudante/Abril Cultural, 20.05.2012. Disponível no link. (acessado em 25.12.2015).
FERNANDES JÚNIOR, Rubens. Labirinto e identidades: panorama da fotografia no Brasil [1946-1998]. São Paulo: Cosac & Naify, 2003. 232 p., 124 il.
Walter Firmo (aos 8 anos). © foto: acervo de família
de Walter Firmo [fonte: imagesvisions]
FIRMO, Walter. Firmo. Texto Walter Firmo, Claudio Bojunga, Lélia Coelho Frota; versão em inglês Christopher Peterson. Rio de Janeiro: Bem-te-vi Filmes, 2005. 302 p., il. p&b color. 
IMAGENES de Brasil: Coleção Pirelli Masp. Curadoria Fábio Magalhães; texto Lourenço Diaféria. São Paulo: Fundação Memorial da América Latina, [199?]. 60 p., il. p&b color.
MACHADO, Arlindo. O olhar essencial de um poeta da câmera. Folha de S. Paulo, São Paulo, 1984.
PERSICHETTI, Simonetta. Imagens da fotografia brasileira. São Paulo: Estação Liberdade: Senac, 2000. 190 p., il.
PORTO,  Giselle Moreira. O Carnaval de Walter Firmo. in: Jornal da Fotografia, 7 de março. Disponível no link. (acessado em 25.12.2015).
SOUZA, Daiane. O olhar de um mestre negro. in: Palmares Fundação Cultural, 2 de março de 2012. Disponível no link. (acessado em 26.12.2015).
TEODORO, Alexandra. Do fotojornalismo à figura humana, "a fotografia é colorida, a vida não". In: Portal AZ, 28.07.2015. Disponível no link. (acessado em 26.12.2015).
VIECELLI, Marcela. O fotojornalismo de Walter Firmo [entrevista]. in:  Portal Photos, 5 agosto de 2013. Disponível no link. (acessado em 26.12.2015).
VINTE e cinco anos Centro Cultural Cândido Mendes: Galeria de Ipanema. Curadoria e texto Paulo Sérgio Duarte; curadoria Maria de Lourdes Mendes de Almeida. Rio de Janeiro: Centro Cultural Cândido Mendes, 2003. 80 p., il. p&b. color.
WALTER Firmo. Cuba. [mestres da fotografia]. Blog da Casa da Photographia. Disponível no link. (acessado em 25.12.2015).
WALTER Firmo: O engenheiro da imagem. in: ABI, 29.7.2015. Disponível no link. (acessado em 25.12.2015).
WALTER Firmo. Novidades Fotoptica, São Paulo, n. 88, p. 27, 1978.
WALTER Firmo. in: Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Disponível no link. (acessado em 25.12.2015).
WALTER Firmo, um mestre da fotografia brasileira. in: Galeria dos Arcos, 11 de maio de 2010. Disponível no link. (acessado em 26.12.2015).


[...] e Walter Firmo - © foto (...)

Documentário: Muito Prazer, Walter Firmo
Sinopse: O documentário investiga os vários universos que permeiam a obra fotográfica desse incansável caçador de imagens, através do seu trabalho de produção em campo. A narrativa é construída através de três pontos de vista: O olhar de Firmo como caçador de imagens, o ponto de vista da festa-cenário e o diálogo com as fotos produzidas por ele, contaminando a narrativa. Acompanhando Firmo em suas expedições fotográficas em lugares tão diversificados como Festa de São Jorge, Copacabana e Paquetá (Rio de Janeiro), o documentário pretende capturar sua proposta de trabalho fundamentada no “fazer fazendo”, como ele mesmo diz.
Ficha técnica
País: Brasil
Ano: 2009
Duração: 17'31"
Formato: HD
Direção e produção: Vicente Duque Estrada e Zeka Araújo
Fotografia, montagem e som direto: Vicente Duque Estrada
Trilha: Arthuro Sandorval
Disponível no vímeo aqui.


Documentário: Muito Prazer, Walter Firmo


CRÔNICA DE UM CORAÇÃO SUBURBANO
A minha vida sempre pinçada em viver nos subúrbios cariocas, pranteou-me poeta, fez-me soluçar pelos olhos as angustias de outros, semelhantes como eu, no desejo do descobrimento feliz por um lar harmonioso onde o bem-estar social reluzisse memórias de festas e decantações de um alegre viver.E, ainda menino, pelas mãos de meu pais, habitei inúmeras residências povoadas no Irajá, Cordovil, Oswaldo Cruz, Madureira, Vaz Lobo, Penha, Parada de Lucas, Honório Gurgel, comovidamente encantado no simples como um tesouro incrustado no desprovido, amparado somente na ação solidária.
Esta pequena e singela introdução é um documento envolvido em pergaminho fruto das andanças infantis por esses lugares enobrecidos na paisagem de uma constelação carioca mágica onde as pessoas simpáticas e ordeiras se abraçam no afeto de si mesmo.Talvez minha visão humanística desse residual no meu trabalho tenha profunda influencia nas transparências imagéticas que perpetuo, talvez o brilho e a incansável repetição calcada no lirismo e plasticidade sejam frutos dessa primeira existência no seio desse povo.
Então, este magnetismo, esse ritual, esse exercício de poder exaltando os mais fracos, humilhados e ofendidos, exorcizam a razão vital desta estrada animadamente colorida quando as pessoas se engalanam na pura magia, transcendendo o orbital da tristeza lançando-se de corpo e alma no espaldar da alegria.
Walter Firmo - foto: Marta Azevedo
Esta exposição reluz aos meus olhos como um canto do poeta.É lá que bailam os artista sem presunção e nome, a maioria deles trabalham incógnitos no colo do silencio aguardando apenas, o ribombar de um repinique, de um tambor ou tamborim.Tem também as festas folclóricas, religiosas, traduzidas na espiritualidade.E, este “mulatinho do Irajá”, como maravilhado me identifico, híbrido de José e Maria ---meus pais---desde a metade da década de 50 fotografo a comunidade negra brasileira, prestando serviço a uma causa social que considero insuspeita, trabalhando esta sociedade na mudez de um monge, sem nenhum alarde, induzindo orgulho, altivez e dignidade aos negros brasileiros.
Lapidado no fotojornalismo, subverti o estabelecido criando pontos de vistas conceituais quanto a verdade fotográfica.Escapei de uma ingenuidade visual, introduzindo um ver que interrompesse o linear cotidiano, criando situações onde o real se desajustasse, sugerindo ao espectador reflexão imediata sobre a realidade exibida e sobre o próprio ato de fotografar.
O que poucas pessoas sabem é que comecei a fotografar com preto-e-branco, majestade nas graduações dos cinzas, base delirante discurso do retrato, onde se provém para muitas pessoas a verdadeira fotografia, àquela que se destitui da facilidade cromática, ou por si só, reúne uma vanguarda nada submissa a banalidades e, sim, colhida de um esteio reprodutivo quando o surreal é um manifesto e o enxerto memorial é uma soberba.

Na verdade o ritual do preto-e-branco é para mim uma concessão mais consentida cerebralmente celebrando um pensamento físico sobre a metalinguagem, e outros resíduos que aflorem certa expectativa das indagações.A irrealidade de seus contornos traduzem muitas vezes uma ação mais delirante que emotiva o subconsciente.
No mais, um porto de festas para os meus olhos.
- Walter Firmo, crônica sobre a exposição "Luz em corpo e alma". Ímã Galeria (São Paulo SP), 2012. Disponível no link. (acessado em 26.12.2015).


Walter Firmo - © foto: Marta Azevedo
REDE DO FOTÓGRAFO WALTER FIRMO
Site 
:: Walter Firmo
:: Ateliê Walter Firmo 'Intacta Retina'


© Direitos reservados ao autor


© Pesquisa, seleção e organização: Elfi Kürten Fenske

=== === ===
Trabalhos sobre o autor:
Caso, você tenha algum trabalho não citado e queira que ele seja incluído - exemplo: livro, tese, dissertação, ensaio, artigo - envie os dados para o nosso "e-mail de contato", para que possamos incluir as referências do seu trabalho nesta pagina. 

Como citar:
FENSKE, Elfi Kürten (pesquisa, seleção e organização). Walter Firmo - o mestre da fotografia. Templo Cultural Delfos, dezembro/2015. Disponível no link. (acessado em .../.../...).
____
Página atualizada em: 26.12.2015.


Licença de uso: O conteúdo deste site, vedado ao seu uso comercial, poderá ser reproduzido desde que citada a fonte, excetuando os casos especificados em contrário. 
Direitos Reservados © 2016 Templo Cultural Delfos

2 comentários:

  1. O close do Walter com roupa de inverno é de autoria do fotógrafo gaúcho Leopoldo Plentz.

    ResponderExcluir

Agradecemos a visita. Deixe seu comentário!